Ok ! Você foi uma idiota… Amou sem ser amada, cuidou sem ser cuidada… entendeu, perdoou e agora está aqui deprimida.

Fica aí se perguntando como pode haver tanta lágrima para chorar, percebeu que existem partes de seu corpo que doem e você nem sabia que elas existiam…

Sim ! Você não é a única e muitas aqui já se sentiram assim ( inclusive eu).

Você agora se sente fraca, perdida e angustiada e talvez se pergunte, será que isso vai passar ?

Devo fazer tudo que leio e escuto de uma só vez ?

E se não der certo ?

E se ele for embora de vez ?

E se eu morrer de tanto sofrer ?

Calma!

Respire fundo. Eu sei que tá doendo…

Mas agora, de amiga para amiga…

Você fez o melhor que você pôde com o que você sabia, com o que você estava preparada até esse momento e de agora em diante você está descobrindo um novo mundo de possibilidades que começa por você, dentro de você.

Essa dor que te rasga pode te fortalecer e fazer com que você depois de algum tempo diga…

“É, valeu passar por tudo isso para aprender”.

É minha amiga, temos que aprender a nos relacionar…

É estudo mesmo, dedicação…

Buscar ferramentas e técnicas que possam nos ajudar a desvendar as crenças que nos limitam, as âncoras negativas que nos aprisionam.

Ficamos focadas na relação e esquecemos de nossos propósitos de vida, nossas pequenas metas diárias, nosso autocarinho…

e nessa avalanche levamos junto nossa paz , nossa felicidade e muitas vezes a relação.

Todos as semanas atendemos inúmeras mulheres que assim como você chegam às sessões destruídas, abaladas e imaginando que não há nada a fazer e aqui vai algo que você já vai começar a internalizar…

Repita para você… Eu honro e respeito a minha história.

E que bom que mesmo aos trancos e barrancos você chegou até aqui…

Afinal nem tudo em sua história são lamentações, tenho certeza que existem muitas coisas boas para resgatarmos ou construirmos juntas.

Agora vamos adiante ?

Nada melhor para curar dor de amor do que se pôr em ação !

Qual o próximo passo efetivo que você vai tomar para voltar a ser feliz ?

Qual o pequeno passo que lá na frente vai fazer diferença ?

Será que vale descobrir ?

Um super abraço !

Fica com Deus e seguimos juntas !

Ju

mulher má


BelaJu

Conciliadora, concurseira, coach por paixão e encantada pela construção e reconstrução de relacionamentos.

E aí, o que acha? Comente!