Hoje minha bronca é para as moças que estão enviando comentários que não sabem como dar gelo. E o texto é longo…. novidade.Rsrs

Vou falar uma coisa: se você não sabe dar gelo não dê.

Gelo é pra quem sabe se policiar e controlar seus ímpetos.

Sabe esperar, e quando o cara aparece, ela fala com atributos de mulher que sabe o que merece.

Se você não tem rédeas da sua vida, se é uma pessoa sem firmeza, que o cara chega com uma caixa de bombom ou nem isso, você já derrete toda. Não dê gelo.

Gelo é pra quem sabe se controlar.

O cara some 1, 2, 4 semanas, um mês, dois, 6 meses, 1 ano, dois anos e volta.

E você está lá firme é forte.

Gelo é pra mulher que não muda de opinião, que decidiu quem pode entrar na sua vida, e quem deve sair.

E se quiser entrar de novo, tem que fazer o abc, certinho, ou está fora.

Gelo não é feito para você dar toda hora. Não surte efeito.

Gelo é só para mostrar para o cara que você não vai aceitar os desmandos dele, nem tampouco as mesmas conversas sem atitudes.

A pergunta é: você quer dar gelo? Você tem os atributos necessários para dar gelo?

Gelo é para quem é forte de postura e atitude.

Se você se encaixa, faça.

Se você não se encaixa no perfil, aprenda a ser firme e a controlar seus impulsos.

Quando você tiver isso aí você pratica o gelo.

Vou dar um exemplo que aconteceu comigo (Pequena história).

Namorei alguns meses, não estava do jeito que tinha definido no início, e como percebi resolvi conversar e expliquei (ele veio até a minha cidade): fulano como estou percebendo que estamos em situações opostas, onde você ainda não está preparado para assumir algo, porque suas prioridades são outras agora. Não vejo porque continuarmos. Não quero brigar ou discutir. Não está como definimos ao iniciarmos o namoro, então desta forma, prefiro que cada um siga sua vida. Desejo o melhor para você.

Ele começou a dizer que eu era muito dura, que ele não servia, pois eu queria um cara com dinheiro, ou seja, deu uma de coitado e eu fiquei como a bruxa.O ser insensível.

Quando ele começou a ir para esse lado, sei que muitas iriam se sentir as culpadas, ficariam com dó, eu apenas disse: por favor, não comece, estamos conversando como pessoas adultas e maduras.  Expliquei a situação toda, e minha decisão é essa. Só peço que respeite. E se você continuar com toda esse drama, a conversa acaba aqui.

Só para constar: até hoje tenho ele nos meus contatos. Conversamos raramente. Uns dois meses depois do término ele tentou. E eu não mudei a minha opinião, a minha decisão estava pautada no que eu queria. Ele tentou manobrar de tudo quanto é jeito, falou que me amava, que eu era a pessoa que ele queria do lado (algumas dirão: ai que fofo, que coisa mais meiga, queria ter uma homem que dissesse isso ) E toda aquela conversa melosa para tentar me fazer mudar o que já tinha definido. E eu fiquei lá firme. Gosto muito dele, respeitava a mim e aos meus filhos, é um homem esforçado, pois está para terminar a faculdade. Porém ele estava passando por dificuldades financeiras. E isso estava interferindo no nosso relacionamento. Porque como moramos em cidades afastadas tinha gasto com passagens e ele não estava me ajudando. No início foi tudo combinado, que seria metade para cada um. E passou um mês, ele começou a não cumprir. E comecei a me desgastar. E as desculpas deles eram exatamente as mesmas (mas observei que contas como a faculdade, aluguel, pensão que ele pagava, TV paga, despesas da casa no geral ele dava jeito para arrumar) e quando era para me ajudar nos gastos de passagens, ele sempre não tinha dinheiro. Então ele não estava se esforçando, ele queria mordomia.

Então decidi terminar e manter meu posicionamento antes que a situação ficasse pior.

Eu não voltei atrás porque percebi que ele não estava fazendo nada para resolver, não fez nenhuma menção de me ajudar. Continuava insistindo para voltarmos, mas não tinha colocado nada concreto, não se tinha dado resolução para o problema do dinheiro e assim decidi manter minha decisão.

Eu não dei gelo, eu simplesmente decidi o que era melhor para mim, olhei a situação num todo, não adiantava eu continuar o relacionamento que tinha pouco tempo, e ter um desgaste desnecessário. Quem sabe quando ele formar em 2017, e ainda tiver interesse de ambas as partes poderemos nos relacionar novamente? Tudo é possível.

Mas como sempre prego aqui. Relacionamento e uma via de mão dupla: dá que eu te dou, me dá que eu te mostro. Tem que ter reciprocidade. A carga não pode ficar só para um lado resolver.

Acho que com esse exemplo irá clarear dentro da mente de vocês a coisa do gelo.

Mulheres, o gelo é permitido quando você definiu algo para você e sua vida, que acha coerente e logicamente que você mereça. E em contrapartida, gelo não pode dar toda dia, toda hora. Isso vira um círculo vicioso onde o cara já entende que você sempre pratica, portanto ele já sabe que você uma hora ou outra vai ceder.

Sabe o gelo da maioria de vocês não funciona? Porque simplesmente vocês acham que ignorando o cara por uns dias e ele voltando, os moços irão voltar a dar atenção, irão pedir para voltar o relacionamento. Ficaram com medo de perderem e imploraram para vocês reatarem.

Ledo engano. Não irá voltar nem com reza.

O gelo que sempre repetimos aqui e válido sim, agora somente dar gelo, não irá trazer o moço de volta para você. Ou vocês acham que eles são burros?

Primeiro eles irão testar se você tem postura o suficiente para não ceder.

Se você terá firmeza nas suas decisões.

Outro exemplo para ajudar vocês neste quesito:

O cara sumiu e apareceu novamente, mandou um olá, e perguntou como você está.

Você responde com uma fineza exemplar, devolve as respostas como toda mulher educada e fina faz, você pergunte como ele está  e o que tem feito.

Ele responderá e se ele começar a falar algo sobre vocês dois o que você faz?

Derrete toda, já se empolga, fica radiante porque você entende que ele está querendo te ver, e outras coisas mais? Não. Não!

Você o interpela da seguinte forma: fulano, seguinte: prefiro conversar com você pessoalmente sobre nós dois (quando você faz isso, você já apita o bipe dele, porque você está falando com seriedade). Então quando tiver disponibilidade me avise.

Se ele insistir que quer conversar por redes sociais, você simplesmente finaliza a conversa:

Fulano eu já informei a você que por aqui, não acho correto, e pedi para você marcar um dia e me avisar. Pode ser? E se despeça educadamente.

Pronto. Se ele continuar falando com você, ignore. Deixe-o.

E veremos se ele vai te procurar para marcar o possível encontro.

Ah, ele não foi: pronto, ele percebeu que não teria como te enrolar. Não o procure, não cobre ele pelo encontro. Teria que partir dele. Você mantenha sua postura. Não me venha com a pergunta: será que ele me procura? Para dar um gelo coerente essas perguntas não devem existir. Quando você repete isso, e porque você não está mostrando que é uma coisa que você tomou como decisão, e sim o fez por desespero. Quando se tem definido nos mínimos detalhes o porquê de você ter tomado uma decisão e você estar certa disso. Dúvidas não existem, e nada que o cara faça para tentar ludibriar você irá cair em contradição.

Alguns homens se sentem instigados a marcar porque ele quer ter certeza que você está firme.

Marcou o encontro (lembrem-se e ele que o faz, não você), todos os trâmites precisam ser feitos por ele, tem que partir dele o interesse.

Se você joga a responsabilidade de marcar para o cara, por aí você poderá medir o nível de interesse dele na sua pessoa nos seguintes aspectos:

Pela demora em marcar;

Se ele se fingir de desentendido;

Se ele continuar tentando te convencer de falar com você por redes sociais;

Se ele irá dar um de coitado e você a réu;

Se ele te ofender, ficar bravo e voltar a sumir novamente.

Esses são alguns exemplos que mostram total falta de interesse do cara por você. Ele não quer fazer nada, ele quer apenas enrolar, te usar. E voltar a sumir novamente.

E quando você analisar que ele está dando os indícios acima, mais que urgente você deverá manter sua firmeza.

Não tem essa do cara, sumir, você dar gelo, e quando ele voltar você já se entrega.

Por isso o gelo não é uma coisa banal a se fazer, gelo é coisa séria e deve ser feito com argumentos racionais. Devemos ocultar as nossas emoções e sentimentos nessas horas.

Portanto se você não consegue ter os parâmetros citados aqui, não dê gelo, porque estou afirmando que não irá funcionar. E ainda pode piorar consideravelmente sua situação. Você perderá sua credibilidade e uma vez perdida muito difícil o cara te respeitar e confiar em você novamente.

Outra coisa sobre dar o gelo: mesmo você fazendo tudo certo, não é quesito para o cara voltar.

Isso não é uma coisa que você deve se agarrar para tentar reconquistar alguém.

Gelo e só uns dos pontos chaves que vocês devem ter em mente para ir se melhorando, se valorizando e mantendo uma postura firme e correta diante do que você definiu para sua vida.

Relacionamento não é baseado em gelo, existem coisas muito mais fundamentais, para se reestruturar uma relação desgastada ou que chegou ao fim.

A revolução toda começa em você, o gelo é apenas um acessório.

E te garanto se você conseguir evoluir de dentro para fora, o gelo não precisará ser usado em nenhum momento da sua vida. Porque você saberá o que deve ou não fazer.

Você será dona da sua vida.

Sara Oliver