Siga nos no YouTube e veja nosso conteúdo! >>https://www.youtube.com/c/fazerhomemvalorizar

Uma vez conheci duas irmãs com um ano de diferença, porém as duas tinham uma vida totalmente diferente uma da outra. Uma era totalmente dependente emocionalmente, carente, boazinha demais, os homens viviam usando e abusando. Outra, era totalmente o oposto, curta e grossa, sincera com os seus próprios sentimentos e necessidades, e vivia com homens atrás dela, porém ela sempre vivia em dúvida de qual escolheria.

E agora eu pergunto, porque será que existe essa diferença gritante entre elas? E eu descobri. Conversei com as duas, procurei saber os pensamentos das duas e veja só a diferença:

Irmã “boazinha”:

  • Pensava que ela era menos, e os homens valiam mais que ela.
  • Acreditava que se um homem quisesse sair com ela para mais que três encontros, sem ela ter feito sexo, ela seria sortuda, e estava recebendo demais deles por isso.
  • Não sabia dizer não, então todos abusavam dela, e viam apenas seus interesses, anulando os interesses dela.
  • Ela não gostava de joguinhos, por isso preferia logo, ir ligando para os homens, convidá-los para sair, enviar mensagens, enfim, fazer o papel deles.
  • Quase sempre os homens sumiam após o segundo encontro, claro, no segundo encontro, ela já havia entregado o bem mais precioso dela, que pra ela não valia tanto assim.
  • Ela ficava cada vez mais desesperada para arrumar um namorado, mas não sabia onde estava errando, já que ela fazia tudo para agradar.

Irmã “má”:

  • Tinha consciência do seu valor.
  • Se um homem a quisesse de verdade, teria que provar que valeria a pena.
  • Ela não permitia que a usassem, por isso sabia como ninguém dizer NÃO!
  • Ela só faz o que quer, o que acha certo, independente se vão gostar ou não.
  • Ela gosta, sente prazer de deixar o trabalho com os homens, eles devem ligar, mandar mensagens, convidar pra sair, e ela sabia que isso era mais interessante para os dois.
  • Ela não se entrega fácil.
  • Ela quer mais da vida do que apenas arrumar um homem, ela quer crescer profissionalmente, quer viajar pelo mundo, e casamento? Ela quase nunca pensou sobre isso.
  • Ela tem valores estabelecidos, sobre quem ela é, e o que ela quer de um relacionamento, porém quando ela não obtém, ela vai embora sem pestanejar, mesmo gostando.
  • Não aceita traições, porque ela é fiel, não permite desrespeito, porque ela se respeita.

Olha só a diferença gritante entre as duas. E o engraçado é que elas foram criadas juntas. Mas sabe o que acontece? A irmã boazinha, deixou que a taxassem de alguma coisa e acreditou nisso, sem se defender, a irmã má, nunca acreditou que ela valesse menos, preferia brigar para se defender. E aí seu valor aumentou.

Por isso se lembre do que te disseram que te marcou muito e que pode ter sido a causa de suas ações de desvalorização hoje. Acredite com todo seu coração que merece muito mais!!!

 


 

Siga-me nas redes sociais
Categorias: Valorização

Linda Cristina

Sempre tive esse ímpeto de dar conselhos, e por incrível que pareça, eles sempre funcionaram… Óbvio que sou humana e já aprendi muito em meus relacionamentos, mas eu tenho esse instinto e simplesmente AMO o que faço!
Por mais mulheres empoderadas e mais valorização!!!

E aí, o que acha? Comente!