Siga nos no YouTube e veja nosso conteúdo! >>https://www.youtube.com/c/fazerhomemvalorizar

Vamos começar com um pouco de reflexão … O que você acha que merece hoje?

Você pode ter pensado em um descanso. Ou talvez que o tempo passasse um pouco mais lento para, assim, apreciar tudo ao seu redor. Aproveitar o “aqui e agora”, sem estresse, sem ansiedade.

Você também pode ter pensado “mereço alguém que me ame”, ou que me reconheça um pouco mais. Você tende a trabalhar duro pelo outro e nem sempre se sente recompensado.

Todos, em nosso interior, sabemos o que merecemos. No entanto, reconhecer isso é algo custoso, pois pensamos se tratar de uma atitude egoísta.

Como dizer em voz alta coisas como “Eu preciso que me amem”, “Eu mereço ser respeitado”, “Eu mereço ser livre e ter o controle da minha vida”? Na verdade, basta dizer a si mesmo.

Não se engane, priorizar-se um pouco mais não é uma atitude egoísta. É uma necessidade vital, é crescimento interno para sermos felizes.

Te convido a refletir.

Atitudes limitantes

Muitos de nós tendemos a desenvolver ao longo de nossas vidas, muitas atitudes limitantes. Eles são crenças arraigadas às vezes durante nossa infância, ou desenvolvidas com base em experiências específicas.

Elas são os pensamentos expressos em frases como “Não tenho utilidade para nada”, “Não sou capaz de fazer isso, vou falhar”, “Para que tentar se as coisas sempre dão errado?” …

Uma infância difícil com pais que nunca nos deram segurança, ou mesmo relações afetivas com base na manipulação emocional, muitas vezes nos limitam quase de forma decisiva. Tornamos-nos frágeis no interior, e vamos poupo a pouco diminuindo nossa autoestima.

Reestruture suas crenças. Você é mais do que suas experiências, você não é quem te causou dano ou quem levantou paredes para privá-lo de sua liberdade. Você merece o progresso, merece olhar dentro de si mesmo e reconhecer o seu valor, sua capacidade de ser “encaixar” na vida e, acima de tudo, de ser feliz …


O que você merece, o que você precisa

O que merecemos e o que precisamos não estão tão unidos assim. Um exemplo: “Preciso de alguém que me ame.” É um desejo comum. No entanto, vamos começar mudando a palavra “PRECISO” por “MEREÇO”.

Você merece alguém que pode ler suas tristezas, que atenda às suas palavras, que possa decifrar seus medos e seja o eco da sua risada. Por que não? Mudando a palavra “preciso” por “mereço”, removemos esse vínculo tóxico de dependência que, por vezes, se desenvolvem em nossos relacionamentos.

“Se precisamos de algo para sermos felizes, tornamo-nos prisioneiros de nossas próprias emoções.”

Comece consigo mesmo. Seja a pessoa que gostaria de ter ao seu lado … aquela que merece te acompanhar nos passos de sua vida. No final, alguém vai se encaixar com você. Mas comece com essas dimensões importantes:

  • Liberte-se de seus medos.
  • Tire vantagem de sua solidão, aprenda a ler seu interior, mostre mais empatia consigo mesmo e com os outros.
  • Cultive seu crescimento pessoal, desfrute de seu presente, de quem você é e como é.
  • Aprenda a ser feliz com a humildade, ego desativado, amadurecimento emocional.

“Quando você se der tudo o que merece, ao se tornar a melhor versão de si mesmo, chegará o que precisa.”


Priorizar-se não é egoísmo

Muitas vezes, no início, ficamos presos a esses pensamentos limitantes. Há quem encontre sua felicidade fazendo de tudo para os outros: cuidando, servindo, abrindo mão de certas coisas pelos outros.

Podemos ter sido educados assim. Mas há sempre um momento em que fazemos um balanço e algo falta. Aparece o vazio, a frustração, a dor emocional …

Como tudo na vida, existe a harmonia, a combinação do seu espaço e meu espaço, as suas necessidades e as nossas necessidades. A vida em família, com amigos ou em qualquer contexto social, deve ser construída por meio de um equilíbrio adequado onde todos ganham e ninguém perde.

No momento em que há perdas, deixamos de ter controle sobre nossas vidas, deixamos de ser protagonistas para nos tornarmos jogadores secundários.


Reflita por um momento sobre estes poucos pensamentos:

  • Eu mereço um dia de folga, só para mim. Isso vai me dar o que preciso: pensar livre de estresse e relativizar as coisas.
  • Eu mereço ser feliz. Talvez seja hora de “deixar ir” certas pessoas, ou aspectos da minha vida. Isto irá permitir-me conseguir o que preciso: uma nova oportunidade.

Nós todos merecemos deixarmos de ser prisioneiros do sofrimento, de nossas próprias atitudes limitantes. Abra seus olhos para o seu interior, decifre suas necessidades, ouça sua voz. No momento em que você permite-se o que merece, chegará o que precisa.

 

Loja Online: http://loja.fazerhomemvalorizar.com ou http://fazerhomemvalorizar.com/loja

Siga-me nas redes sociais
Categorias: Valorização

20 Comentários

Flor · 26 de Fevereiro de 2016 às 10:17

Linda, adora td o que VC escreve. Parabéns.
Vc tem ajudado muitas mulheres a ter dignidade.
Primeiro temos que nos amar e assim poderemos dividir o nosso tempo com o outro. To numa fase de curtir as minhas amigas, os meus momentos…
Cansei de sofrer. A gente acha que vai doer pra sempre… Mas uma hora acaba e vemos que tudo passou e a vida segue.
Quem quiser que corra atrás de mim, eu me valorizo. E agradeço muito aos seus conselhos.
Resgatei a minha dignidade.
Obrigada.

Leticia · 26 de Fevereiro de 2016 às 10:20

Nossa, que lindo!
Me emocionei só de ler.. viajei só imaginando o que devo fazer.. mas, não faço. Quero me libertar do meu medo de perder alguém, que sei que é pura rotina há 6 anos. Mas, como? Adoro este site, esta me ajudando e muito.

    Linda Cristina · 26 de Fevereiro de 2016 às 10:46

    Leticia,

    Libertando-se do passado, e tendo a força e a coragem de ser feliz com algo que realmente faça sentido em sua vida!

    Bjs

Marina · 26 de Fevereiro de 2016 às 11:43

Oi Linda! Seu blog tem me ajudado bastante (mas eu ainda preciso ser melhor) está me abrindo os olhos. Bom, conheci seu blog logo após o fim de um relacionamento… E meio que descobri o porwuê da falta de “interesse” dele por mim… Eu era (to tentando mudar isso aos poucos, é difícil viu) eu era a típica namorada boazinha… Faz de tudo! O pedido dele era uma ordem… Fazia de tudo, na hora que ele queria, sacrificava meu tempo pra estar com ele… E se brigavamos, eu sempre ia atrás (indo até mesmo na casa dele me desculpar por tudo) e era sempre o mesmo ciclo. Ele começava as brigas… Me sentia culpada e mais uma vez corria atrás pra amenizar a situação. Chegou um momento que ele terminou comigo… Eu fiquei sem chão, querendo saber o porque… O porque dele me destratar com falta de respeito. O mais ruim foi assumir que eu permiti ser tratada assim. Enfim, conforme fui lendo seus posts fui abrindo os olhos etc… Passado 1 mês.. Ele vem me procurar… Eu disse não. Passado umas 2 semanas, ele me procurou de novo… Eu disse a ele que queria um tempo… Ele foi bem sincero comigo, se mostrou arrependido e tals me fez promessas etc etc, resolvi dar uma segunda chance na esperança de ser diferente…. Bom, cá estamos nós quase 2 meses de volta e já teve desentendimentos… No primeiro mês foi aquela coisa, tudo certinho, etc. Durante essas 2 últimas semanas ele tem estado ausente, sumido, passou 2 semanas sem sequer dar um oi ou saber sobre mim… Eu me coçava pra não ir atrás pra ver até onde ele iria… Acabou que disse a ele que queria conversar, liguei pra ele e reclamei disso etc etc, para ele estava tudo normal, etc. Depois disso, ele tem falado comigo… Me propôs que queria me ver etc. Bom, hoje estou até livre, (fds não dará e vou passar 3 dias fora com amigas) mas não sei se devo ou não ir me encontrar com ele após tudo isso… Me ajudeeeeee estou sem saber o que fazer…

    Linda Cristina · 26 de Fevereiro de 2016 às 12:14

    Marina,

    É assim: ele te faz bem? te dá o que precisas? se sente bem e completa ao lado dele?
    Você sabe essas respostas… Mas não deixe de sair com suas amigas ok? aproveite para repensar…

    Bjs

    Line · 29 de Fevereiro de 2016 às 15:43

    Nossa, você é muito forte. Estou tentando tbm… ficar sumida como conseguiu. Não desista! Força!!

sthefany · 26 de Fevereiro de 2016 às 15:50

oie!!!
Eu terminei, como sempre das outras vezes…
mais só quero que passe esse aperto no meu coração…
acho que é pq das outras vezes ele sempre veio atras rastejando e agora ele sumiu!!!!

    Sarah Oliver · 29 de Fevereiro de 2016 às 09:45

    Sthefany
    Tudo nesta vida é proporcional, a gente cansa de procurar, cansa de ser maltratada, cansa de receber migalhas. Não é sadio querer ver ninguém rastejando, por mais que essa pessoa tenha nos deixado em trapos. Isso é tanto para homem quanto para nós mulheres. Devemos saber sempre respeitar os sentimentos dos outros. Mas sabemos que o mundo em si, está um caos. Então quando você tem alguém que demonstre ser parceiro e fiel, valorize. Da mesma forma os homens. E quem não nos valoriza, a gente tem que saber sair o mais depressa possível, nos poupar de sofrimentos futuros. Isso se chama amor próprio.
    Tenha fé que tudo se ajeita. Acredite!
    Atenciosamente
    Sara Oliver

Tatiane · 26 de Fevereiro de 2016 às 21:15

Que texto MARAVILHOSO.
Estou há algum tempo pondo em prática algumas coisas aí descritas, não foi e ainda não é fácil estar sozinha!
Mas acredito mesmo que lá na frente tem algo muito bom esperando por mim, não digo só em relação ao amor mas na vida como um todo!
Bjs Linda!!! Muito sucesso?

Lilica · 28 de Fevereiro de 2016 às 17:28

Linda e Sara, o q vcs fazem por nós n tem preço. Ainda serao mto recompensadas por ajudar a tantas pessoas. Poderiam me orientar quanto a uma coisa q aconteceu? Este fds meu namorado sumiu, se n puxo assinto no face sabado de manhã acho q nem teriamos nos falado o fds todo… Sabado ele disse q ia sair e resolver umas coisas… No domingo mandei msg dps do almoço falando q estava triste com ele por quase n conversar cmg e nao me avisar q estaria ocupado no fds… Ele disse q domingo estava em casa trabalhando. N falou mais nada e eu tb nao. Uma vez ha uns 2meses isso tbm aconteceu. Fico mto triste e decepcionada com ele. Como reverto a situaçao com a dignidade q me resta? Com gelo? Teriam mais alguma sugestao neste caso p me ajudar? Estou com odio e triste. Pensando ate em terminar. Ele tem o pessimo habito de ser um cara distante e quietao na dele. Nao fala senao puxo assunto. Isso tbm me deixa triste :'(
Um beijo.
Se puderem me ajudar, agradeço.

    Sarah Oliver · 1 de Março de 2016 às 16:31

    Lilica
    Eu acho que eu sou muito direta e objetiva neste quesito. Ex: eu quando tenho que resolver as coisas, não é por nenhuma via de redes sociais. Eu gosto do negócio olho no olho entende? Moça vai expor as coisas pessoalmente. Olhe pro olho do dito cujo e fale. E nessas horas que você vê a reação do moço. Tente resolver, explique, se abra. Se o cara ignorar você não tem o que fazer. Deixe ele. Neste planeta de bilhões de seres você irá encontrar alguém que busque o mesmo que você. Não dá para insistir com gente que não se importa contigo. Aprenda isso urgente. Te poupará de sofrimentos futuros.
    Atenciosamente
    Sara Oliver

Mi · 29 de Fevereiro de 2016 às 15:24

Oii meninas.
Preciso de uma grande ajuda de vcs.
A uns 4 dias eu e meu namorado brigamos,ele é uma pessoa umtanto dificil, ele estava descontando todo o nervosismo dele em cima de mim, não aguentei e acabei falando algumas coisas na qual ele não gostou, pois já estava cansada.
Ele parou de falar comigo, eu me senti culpada e liguei, fui atras dele, me desculpei, porém ele mal me atende e disse que esta chateado e precisa pensar.
O que devo fazer agora?
Pois eu não sou a unica errada neste caso, ele simplesmente não aceita ouvir algumas coisas, apesar de eu ter me desculpado, ele está me ignorando e pisando em mim.
Como devo agir daqui para frente, para que ele sinta minha falta, e volte a me procurar??
Aguardo sua resposta.
Desde já, lhe agradeço ?

    Sarah Oliver · 1 de Março de 2016 às 16:06

    Mi
    Tipico de homem que quer fazer chantagem psicológica. Olha você viu o que você fez com o nosso namoro, você me magoou, me feriu por isso eu estou dando gelo em você.
    Drama, Drama, vitimização. Você é a culpada e ele o santo.
    Tem tantas formas de resolver isso, sem chantagem, sem esse jogo idiota.Sinceramente: cara que tem esse tipo de postura eu já falo: ah não sério que já vai começar com o chororô? Por favor isso é feio moço. Faz assim quando você amadurecer, e resolver conversar como pessoa adulta que creio que somos, estarei aberta ao diálogo, mas drama comigo não.
    E mais ou menos nesse perfil o tratamento.
    Pudera, aturar gente birrenta não dá. Precisamos de gente que faça questão de arrumar as coisas, conversar, ponderar.
    Já sabe o que fazer Mi?Confio em você hein? rsrs
    Atenciosamente
    Sara Oliver

Line · 29 de Fevereiro de 2016 às 15:36

Maravilhoso!
Hoje, tomei coragem e excluí ele do meu face. Só via as paspalhices dele: se exibindo, curtindo fotos de mulheres que nunca viu na vida, um monte de idiotices que me fazia pensar: É esse tipo de atitude que eu quero que o homem da minha vida tenha?

Foi difícil. Mandei uma mensagem em seguida, dizendo que não conheço mais o homem que dizia que me amava. Como se fosse um adeus.

Há 3 meses e meio, estou apegada a ele. Tudo isso porque ele terminou nosso namoro. Não havia nada de errado. Mas por cargas d’àgua, de repente me mandou uma mensagem dizendo que não me amava mais.

Parece drogado tentando largar do vício: um dia de casa vez.
E com a ajuda deste site, quero parar de sofrer por essas coisas. Não fale a pena.

flor · 29 de Fevereiro de 2016 às 16:29

Boa tarde Sarah. Preciso muito desabafar. Bom eu não consigo ser firme com o meu ex. Quando viu despreza-lo, ele nao gosta e faz pior cmg. Me sinto tao mal. Queria muito reatar meu casamento, tenho um bebe de 4 meses. Mais como foi eu que terminei, o orgulho dele fala mais alto. Mais tipo assim, ele ainda tem a chave d minha casa, entra a hora que quer. Vem todo dia na minha casa ver nosso filho.Ele guardao carro na minha garagem. De vez enquando ele me procura e eu acabo ficando. Quem ta de fora vai dizer que nanão tenho amor próprio e tal. Mais nao consigo tomar atitude, é mais forte que eu. No começo da relação, ele me amava demais e eu ndm ai. Agora o jogo inverteu e nao sei como reverter a meu favor…

    Sarah Oliver · 1 de Março de 2016 às 15:55

    Flor
    Amor próprio não se tem da noite para o dia, é custoso, exige força de vontade, o querer acontecer. E no seu caso, não existe nem vontade, você se entregou. Jogou a toalha.
    Ficou totalmente nas mãos do moço, porque você se pune todo o dia, que quando ele te dava atenção você não deu valor. Enquanto você continuar pensando desta forma o caminho será longo e tortuoso. Pare de se auto flagelar, pare de se auto boicotar por conta de um cara que agora te despreza, e você aceita ser apenas o lanche dele. Eu sempre digo: agora você precisa focar no seu filho, e nele que você tem que pensar.Te falo isso porque já vivi todo esse tormento, mas acima de tudo, temos que nos priorizar.
    Não aceite menos, ele separou, mas entra hora que quer, sai na hora que ele acha conveniente. Ou seja ele ainda acha que tem poder sobre você, te maltrata, mas guarda o carro na garagem como se você fosse a mulher dele ainda. Quem tem que dar um basta e você. A solução para este problema e você que deve resolver.
    Imponha-se. Seu carro na minha garagem você não deixa mais, entrar na minha casa, somente com minha autorização. A partir de hoje não tem mais sexo casual.
    Você vai se quebrar na hora, mas te garanto, a sensação de liberdade virá logo em seguida. E assim que vamos criando forças para derrubar o medo.
    Tente, você verá que irá conseguir superar sim, você é capaz. Acredite!
    Atenciosamente
    Sara Oliver

Dani · 1 de Março de 2016 às 14:55

Esse é seu melhor texto, para mim, até hoje, e já li vários que foram ótimos. Parabéns!!!

Nome · 1 de Março de 2016 às 16:04

Amei o texto, amo a página!
Como gostaria de ter descoberto você anos atrás!!

bia · 10 de Março de 2016 às 18:18

Sarah me responde uma coisa porfavor. Quando a mulher esta disponível ela perde a graça? Faco de tudo para meu namorado, e ele nunca esta contente. Ja chegou a falar que nao gosta de mim, que estava comigo por comodismo. Falei nao pra ele e fui ameaçada, dizendo que se nao fosse do jeito dele nunca mais eu iria saber dele. Ele sai e vem pra minha casa tarde. Eu nao saiu pra canto nenhum. Estou muito magra, nao tenho animo pra me arrumar. Ele fica cmg 1 hora e vai embora. Preciso de ajuda de como agir. Ja nao me conheço mais…..

    Sarah Oliver · 11 de Março de 2016 às 12:02

    Bia
    Relacionamento abusivo. Você está em um relacionamento abusivo. Esse cara te ameaça, te esnoba, te dá o pouco que ele acha que deve te dar. E você aceita.Por medo, carência.
    Você se entregou, e para você sair, vai depender de você. Primeiro não aceite mais os desmandos dele, os atos falhos, tire esse homem da sua vida. Não tem como você se restabelecer com alguém que só te coloca para baixo. A intenção dele e te deixar fraca, sem poder de reação. Se sentindo um nada.
    Se você não consegue mais conversar, grite, mande ele sumir da sua vida. Lembre-se se isso não partir de você, ele não irá te ajudar nisso.
    Agora é hora de agir, não permita mais que esse cara te atropele. Mude isso, esse não é o significado da sua vida, a sua vida não se resume a isto.
    Levante e se erga e não deixe mais ninguém te tratar como ele te trata.
    E o tempo está ai, te acenando, para que você se levante e arrume.
    Vamos!
    Atenciosamente
    Sara Oliver

E aí, o que acha? Comente!