Kkkk. Hoje a bronca vai para esses homens que acham que porque o instrumento deles não pode ver um rabo de saia que nós temos que estar disponíveis sempre.

E claro fica a dica para as mulheres que já pegaram algum cara que se acha o oh do borogodó, só porque ele acha…

Ele pode ser o gostoso, o pegador, o macho alfa supremo, mas adivinha quem é que pode proporcionar um gozo supremo para esse ser?  Nós mulheres.

Então com todo devido respeito a vocês homens, eu não sou nenhuma mulher feminista, ou o diabo que te carregue que você tiver pensando, mas digo: olhe-se no espelho.

O cara chega é fala que quer sexo, do outro lado nós mulheres aceitamos, só que o cara só sabe olhar para o maldito umbigo dele, e ignorar que tem do outro lado uma mulher que também precisa se satisfazer.

Suas pestes, o seu estado de hormônio efervescente que encostou já está todo- todo não combina com o nosso estado morno a frio, que precisa ser esquentado lentamente. Dá para você pensar nisso quando for ter relações sexuais com qualquer mulher?

Tem homem que já está com seus 30 e poucos anos ou mais, que dá vontade de dizer: meu filho vai fazer uma aula, ou curso de como fazer o negócio acontecer, porque vai ser ruim pros infernos.

Pula etapas, preliminares, não tem afago não tem nada.

Ah vocês mulheres que aceitam esse tipo de ser na sua vida, casca fora desses imprestáveis, se eles ainda não aprenderam com a idade que tem, desista de querer ensinar.

Eu posso ser chamado de antiquada, mas comigo tem que ser tudo alinhadinho que seja para um sexo casual. Não vem aqui dando ordem que hoje você está afim e quer me ver, e achar que eu sempre tenho que estar disponível para você.

Eu vou quando minha libido tiver sido provocada, quando eu quiser sair com você, porque estou com vontade por tudo que você me causa. Você não me causa, eu também não vou.

Tem mulheres que reclamam direto que saem pra esses encontros e é uma lastima, eu mesma já me vi nisso algumas vezes, tive que me tratar com psicólogo para me curar do trauma kkkk (brincadeira gente). Tá bom que vocês gostam de sexo, pensam nisso, querem isso, mas botem nas suas mentes lindas que nós também temos o nosso tempo que não é o mesmo que o seu.

Tem gente namorando, casado, que o cara acha que todo dia tem que ter, tem vezes a mulher está cansada, com problemas e se diz que não quer, ele já fica emburrado, não pode deixar tem que dar assistência. Se bem que tem algumas que fazem greve, aí já acho palhaçada, fazer greve com homem e o mesmo que assinar a sentença pra ser chifruda. Você não quer? Tem quem queira.

Homens menos eu e mais nós. Faz esse favorzinho pra nós viu?

Dá um beijo na namorada, na esposa, ou que seja na ficante que você está comendo (não se apeguem viu mulheres – e só um beijo para te aquecer e fazer você querer dar pra ele).

Fale palavras que ajudam ela se soltar, um chamego no pescoço, procure saber o que ela gosta e as mulheres também busquem isso. Estou querendo ajudar todo mundo a ser feliz, pare de coisas brutas e sem sentimentos.

Agora e a onda do desapegar, saiu, comeu, evapora. Tá bom que é só um sexo, mas para rolar e trazer satisfação para ambos precisa de algumas nuances e detalhes que fazem toda diferença no processo.

Esse texto é para gente que sabe curtir sem se apegar, mas sabendo se apegar do jeito certo.

Copiaram?

Sara Oliver