Já falei da insistência quando o cara não quer mais, de sumir para se valorizar e arrumar sua autoestima, e que ficar com dúvidas e medos não ajuda em nada o processo de libertação.

Eu já falei muito aqui, mas para cada uma se tem o tempo adequado que será importante para o aprendizado. Porém o que pega mesmo é o medo de desistir e esses homens partirem para sempre.

Esse trecho sim, pega as mulheres no geral. Vocês vivem assombradas com a possibilidade de dizer não e o cara arrumar outra, desistir e acabar deixando vocês chupando dedo.

Quantas vezes você já teve esses pensamentos que podiam se dar mal por estar se comportando de forma mais firme com ele?

Que deixando ele de lado, o cara podia sumir da sua vida e nem deixar o endereço? Que talvez a única chance que você estaria tendo, que pode ser que o destino te reservou você estaria jogando essa possibilidade para o ralo do esquecimento e até nunca mais?

Gera tudo isso mesmo, e é absolutamente normal se você quer saber.

Até poucos dias meu ex conversando comigo eu parei e me indaguei: ele está conversando tão sereno comigo, modificou o tipo de abordagem e o tratamento para comigo, será isso um sinal enviado dos céus para que talvez a chance da gente reatar seja possível?

Eu que todo dia falo para vocês não aceitarem pouco, se valorizarem, dar importância para quem se importa com você, estava com esse tipo de ideia, e veja só porque cheguei neste ponto?

Porque o sentimento existe e ele nos traiu, meu coração estava lá esperançoso e vigoroso que talvez acontecesse algo diferente. Que tudo seria melhor.

Somos seres humanos afáveis que sempre procuram buscar o melhor do outro, ainda mais se ele é por quem nutrimos sentimentos de amor e afeto. Então fica fácil o coração entrar com tudo e nos animar ou que seja nos dar medo de estar fazendo a coisa errada.

Mas aí vem o racional, aliás, procure sempre buscar isso na hora que você começar a se entristecer e a poeira do temor te tocar com força. Porque estou com medo que ele se vá da minha vida? Porque estou com receio de fazer escolhas erradas e depois me arrepender? Porque isso seria uma situação que poderia ser favorável a minha pessoa?

E por fim você rebate com a tacada fenomenal: qual foi a atitude dele para comigo?

No meu caso, fiz essas perguntas por alguns dias, repetia e cheguei à conclusão que meu medo era de não querer encarar a rejeição novamente, que tudo fosse igual ao cenário que ele me dispensou e para me deixar mais devastada que ele se mostrasse igual sem nenhuma mudança e de novo o meu lado racional estivesse correto e eu errada. Mas como já falei aqui, a realidade é uma amiga cruel nessas horas, ela não vai embora até que veja tudo, e não te reste à dúvida que tanto você insiste em ter de algo que só você vive e traz consigo: Amor por alguém que não sente o mesmo que você.

Não estamos preparados para o sonoro NÃO da pessoa que estamos querendo nas nossas vidas, que fizemos planos, que não deram certo, e que agora ele não está mais do nosso lado.

O protocolo da esperança se quebra e junto com ele vem à decepção e frustração. Sabemos que o outro precisa querer para então conseguirmos firmar algo, ou que seja tentar reafirmar.

Mas ele vem diferente do que a nossa consciência já definiu, ele vem sem todos os papéis para assinar, ele vem em caráter informal, sem mostrar o devido interesse por tudo que a gente tem lutado. E só resta a solidão nos olhando face a face e dizendo com um sorriso enorme: eu te falei que ele não queria nada, mas você insiste, está na sua frente a cabível prova para você parar de querer arrumar algo que não dá mais para contornar.

O coração aperta porque perdeu a luta, mas ele é um guerreiro persistente. Qualquer dia ele volta, naquela mensagem que ele irá te enviar, em um olá querendo saber como você está, e que está com muitas incertezas.

Coração pula, salta e te diz: OLHA AÍ A OPORTUNIDADE MULHER, SE JOGUE!  E mais uma vez começa tudo, o ciclo insistente se faz presente, até você não aguentar mais e ver que nada evoluí e tudo está do mesmo jeito que alguns meses atrás.

Agora sim, virá o despertar e você não cairá neste círculo vicioso. Agora você ficará bem e estará completa e sabendo que mesmo que ele voltar a te procurar, palavras não terão efeito no seu pobre coração quebrantado de tantas voltas e insistências, você irá querer ATITUDE. Sem isso nada te impulsiona.

Tempo singelo e sorrateiro irá te mostrar isso mesmo você preferindo achar que só é mais uma frase pronta e clichê. Em breve você entenderá do que estou falando.

Sara Oliver