Muitas mocinhas, mulheres me perguntam e aí Sara como faço para mostrar que estou bem, que o cara me perdeu, e ele ficar se remoendo por ter me abandonado?

Eu sei como é porque o nosso ânimo fica tão destroçado depois de um término que acabamos querendo provar para o outro que ele perdeu uma mulher com todos os atributos. Queremos mostrar para o ser que nos deu um pé na bunda que ele vai se arrepender amargamente por ter nos deixado.

Como faço para que o outro me veja bem, e saiba que estou bem sem precisar fazer alarde? Um belo dia ele aparece e finalmente poderei mostrar todo meu encanto, mulher decidida e feliz e ver o outro tipo: Puxa vida ela está linda! Eu tinha essa mulher na minha vida e a deixei partir.

Isso aconteceu comigo, todas às vezes porque incrivelmente eu fui deixada pelo meu ex-marido e também pelo ex do trauma.

E sabe o que tenho para contar para vocês e que no final eu não fazia nada, eu simplesmente vivia, levava minha vida normal, sem precisar fazer grandes mostras que estava bem. O despertar,  não me deixar abater foi à resposta para essas perguntas que vocês tanto querem respondidas.

Porque ser humano nunca acha que depois de um tombo você vai se levantar, ainda mais se foi você quem deu o tombo.

Se o outro que dispensou, na cabeça de muitos ele acha-se o insubstituível, o grande cara que você irá sofrer muito e nunca irá superar. E acontece justamente ao contrário, ser humano tem uma capacidade impar e voraz de se readaptar, de se modificar dependendo das circunstâncias, e quando a gente sofre isso fica mais evidente e chamativo.

Quando eu era casada, tínhamos carro e moto, e eu simplesmente vivia precisando de favores para ir me buscar no trabalho, faculdade e cadê que me dispunha a aprender a dirigir?

Para que não é mesmo? Tinha o marido lá, podia até reclamar, mas me buscava, fazia o que eu pedia. Aí casamento acabou e me vi pegando seis conduções para chegar ao trabalho, vivia mais dentro de um ônibus do que trabalhando, cansada, correria imensa e ainda com filhos pequenos para cuidar e educar.

Multipliquei-me por mil, para dar conta de tudo, e pensei: porque não aprendo a pilotar, não tenho condições de ter um carro agora, mas moto sim.

Cadê a CNH ? Não tinha. Para tirar tinha que ter dinheiro e tempo. E a situação estava difícil, dominando todos os meus medos que tinha de pilotar uma moto, com ajuda do meu patrão consegui comprar um Shineray 50CC (kkk), não precisava de habilitação. Primeiro dia, tombo feio que ralou todo meu joelho. E lá estava eu seguindo, quebrando tabus e receios.

Já não precisava correr tanto igual uma louca, mesmo sendo uma condução simples, já resolvia meus problemas mais prioritários. Depois de um ano e meio troquei a moto por uma com mais cilindradas, tirei a carteira, é depois de quase dois anos, tirei uma zero Km e com maior potência. E aquele pavor de pilotar acabou-se e virou uma das minhas maiores paixões.

Estou contando isso tudo, para chegar ao ponto que quero mostrar a vocês:

O ex-marido e o ex-namorado que chutaram o meu traseiro, me viram movimentando, eles nunca me viram estagnada. A minha vida não parou por conta deles, e esse é o ponto que vocês precisam se ater quando fizeram a pergunta: como faço para ele ver que estou bem?

Você não precisa mostrar, falar ou ficar se fazendo entender. O pai dos meus filhos ficava olhando todas as coisas que ia adquirindo e encarava-me como uma mulher forte e decidida, que não tem medo e mesmo com tantos tropeços estava de pé e seguindo. Que mesmo após um casamento finalizado, eu continuava fazendo minhas coisas e progredindo que seja de modo lento, mas tudo ia se moldando com o tempo e serenando os empecilhos.

Meu ex-namorado  me viu ali pilotando e pegando estrada sozinha coisa que ele não tinha coragem de fazer, porque sempre me dizia que era muito arriscado e perigoso. E a coragem que ele não tinha, eu estava lá mostrando sem querer que apenas colocava em prática. E nas nossas conversas ao me perguntar sobre a minha vida, e as coisas que tinha feito, fui contando, abrindo tudo e ele apenas repetia: você nunca para, você não é gente é um robozinho ou seja:

ESSE É O SEGREDO PARA O SUCESSO E PARA A RESPOSTA QUE VOCÊ TANTO BUSCA: QUANDO ELE VAI ME OLHAR E SENTIR QUE ESTOU BEM?

Não pense que mostrando roupas, postando fotos de balada e corpo sarado o cara vai se sentir um idiota por ter perdido –  e não estou querendo aqui dizer que dar uma repaginada no visual não seja revigorante para a nossa autoestima, o cara pode achar ótimo, sensacional e que você está um pitelzinho, mas a verdadeira encarada que ele dá mesmo e quando vê você progredindo, trabalhando, fazendo coisas diferentes, sem precisar dizer ou escancarar. Porque o que mais acontece é a mulher querer a todo custo mostrar que está bem e por apenas 10 segundos de conversa o cara perceber que é tudo lorota e só uma forma de aparecer para o outro que superou sendo que é justamente ao contrário.

E por isso que sempre falo aqui, quando esse cara voltar ele precisa sentir que você está lá, mas que você já não se vincula mais a ele, precisa sentir que você está vivendo, curtindo, se divertindo e feliz, sem ele do lado. A sensação é de superação da sua parte, e do outro lado mesmo se não existir sentimento algum e que você não se deixou abater e está melhor que quando estava com ele.

  • Ela conseguiu, mesmo eu tendo a deixado, ela sofreu, mas superou! Ela não se subestimou e foi à luta e agora como está diferente? Não por fora e sim por dentro!

Sacaram? Perceberam que atitude na vida é tudo? Você quer mostrar para o cara que você está bem, que ele perdeu um mulherão? Não precisa! Basta apenas você fazer suas coisas, e quando ele voltar contar às novidades que aconteceram na tua vida desde o dia que ele saiu pela porta e não mais voltou. Das viagens que tu fez, do hobby que você adora, do curso de capacitação, etc. Faça algo por você, se descubra, tenha algo para falar da sua vida, de tantas coisas que conseguiu e verá o espanto do ser que não quis você na vida dele.

NOVIDADES… SEJA A MULHER COM MUITAS NOVIDADES, BELEZA?

Sara Oliver

 

 

 


37 Comments

L · 18 de novembro de 2016 at 11:11

Sarah, desconfio que meu ex já esteja flertandoncom outra, DUAS SEMANAS após nosso término. O problema é que me descontrolei e mandei várias mensagens pra ele, que não me respondeu. Tô morrendo por dentro, não aceito isso!!!!!!!

    Sarah Oliver · 18 de novembro de 2016 at 11:17

    L
    Se você não aceita, então fica mais complicado de engolir a rejeição. Ser substituída não é coisa boa de se sentir, mas esse não aceito seu dito com tanta negatividade e posse, não é a melhor forma de resolver a situação. Aliás a situação que já se mostra triste e cruel e que nada você pode fazer para mudá-la.
    E seu descontrole só te trará mais desgaste e sofrimento.
    Pare de negar, de insistir em não aceitar o que se mostra a sua frente.
    Não se permita viver querendo controlar as coisas que não lhe diz respeito. O fim chegou, chore, mas não corra atrás, vigie suas ações e pensamentos.
    Quando o outro escolhe, só nos resta deixar a nossa dignidade intacta e respeitar.
    Sara Oliver

R.M · 18 de novembro de 2016 at 12:17

Oii Sara,ta boa ?
No meu caso eu que não quis mais,na verdade pq eu queria algo sério,sólido e ele não,e como eu gosto muuito dele infelizmente sabia que iria me machucar mais ainda.. E realmente a rejeição dói demais,mesmo não tendo partido dele o fim eu me sinto rejeitada por não ter tido nem a chance de tentar,sabe como é ? Ele até me procurou mas só pra saber como eu estava e voltou a reafirmar o que já havia dito(não dei ideia,ele até disse que ficou chateado),mas tenho certeza que agi certo,não da pra simplesmente fingir que virou amizade e tudo ok. Acho que a parte que mais dói é pensar que a qlq mmnt pode ser que ele assuma alguém ai sim bate a rejeição(pq eu que sempre fui presente,parceira,que ajudei ele,que ele sempre dizia que era a pessoa que queria ao lado)não tive a chance de tentar ?
Mas concordo em tudo que você disse pq já passei isso há uns 2 anos e até hoje a pessoa me procura,pq eu simplesmente acordei e fui viver minha vida e agora to tirando forças pra mais uma vez fazer isso ! Sou uma pessoa mto batalhadora,não tenho ninguém pra me bancar,tenho que correr atrás do meu dinheiro suado,sou independente mesmo com pouca idade ! Fiz uma lista de coisas que quero realizar,entre elas minhas CNH,uns cursos que quero fazer,um outro passo de minha independência que quero dar e vou seguir assim,não quero impressionar ele nem fazer que ele se sinta arrependido(já quis,mas agora n quero mais),quero mesmo olha pra mim daqui há um tempo e pensar :que orgulho da mulher que estou me tornando,que orgulho de tudo que tenho conquistado! E sei que DEUS me dará forças pra correr atrás ! Em breve espero poder mandar um depoimento ! Beijo grande !

    Duda · 21 de novembro de 2016 at 16:48

    R.M, adoro quando vc comenta algo no blog. Vejo a minha história na sua. Aconteceu igual a mim tb. E me sinto rejeitada, mesmo sabendo que nós tomamos a decisão certa daquilo que era melhor pra gente (sair de uma relação que o cara não quer nada conosco). E vendo vc criando forças tb me dá coragem de seguir. Boa, garota! Isso tudo eh passageiro. E acho que quando olharmos pra trás vamos pensar “eu gostei mesmo dessa pessoa?”. E ver que não tínhamos nada a ver com ele e foi bem melhor não ter começado algo que não iria dar certo.

Sintia · 18 de novembro de 2016 at 15:17

O melhor texto que já li! Estou fazendo exatamente isso, seguindo minha vida, correndo atrás dos meus sonhos, q um dia deixei pra depois. A mudança deve vir de dentro. É um trabalho árdua e difícil, mas recompensador no final. Superar, dar a volta por cima e sair linda e maravilhosa!! Obrigado pelos textos maravilhosos e encorajadores!

B. · 19 de novembro de 2016 at 18:23

Sarah , eu dei um basta no meu ficante , pq estava tudo muito comodo pra ele e eu nao estava me sentindo mais bem . Pedi pra ele se afastar . Estamos sem nos falar , só que eu sempre posto fotos e publicações e nunca foi pra provoca-lo, eu fiquei uns dias sem postar nada , mas foi meu niver e eu não ia deixar de postar uma foto com meus amigos só por causa dele ! Sei que o certo e sumir , mas nunca consegui fazer isso nas redes sociais . Isso é ruim ?

    Sarah Oliver · 21 de novembro de 2016 at 09:39

    B.
    Se você não vai atrás dele, e não ficou insistindo tá de boa, não tem problema algum em ficar com as redes sociais e postar sua coisas. Se você fazia isso antes mantenha.
    O problema maior é você ficar indo atrás do cara, isso sim é ruim. As redes sociais e coisa privada, que só diz a você. Então você faz o que bem entender e claro com prudência sem parecer que está querendo mostrar para o outro que você está bem. E aquela coisa que tudo que é forçado pega mal, e tudo que é em demasia pega mal também.
    Sacou? Equilíbrio entende?
    Sara Oliver

Fernanda · 19 de novembro de 2016 at 21:42

Sara como se livrar daquela expectativa do ex voltar atrás? Terminamos a 27 dias e não fui atrás, mas não consigo deixar aquele sentimento de que ele vai cair na real e me procurar

    Sarah Oliver · 21 de novembro de 2016 at 09:11

    Fernanda
    Normal, mas se você acha que ele vai voltar e te procurar eu faço outra pergunta para você: se ele voltar como irá te achar? Você é a mulher diferente, que se valoriza? Não é porque você não correu atrás dele, que já está com a situação dominada. Você tem que melhorar para não estragar os 27 dias ou mais que você não ficou se humilhando. Que adianta você segurar a onda de não procurar o sujeito e depois que ele volta, em menos de 10 segundos de conversa tu perde tudo que conquistou até agora?
    Se atenha a isso, avalie como você está internamente, as reformas foram feitas dentro de você, ou está apenas com ansiedade e pressa que ele te procure para você voltar com ele sem definir nada?
    Já decidiu que você quer e busca? Avaliou seu relacionamento com ele, e pontos que foram ruins na relação?
    Já fez uma reflexão do término e tudo que precisa mudar em você e também alguns pontos que seria necessário ele também chegar no mesmo consenso que você para tudo ficar as boas?
    Entendeu?
    Sara Oliver

Emily · 19 de novembro de 2016 at 23:04

Sara, eu e meu ex terminamos faz 1 semana. Li muito seus textos e eles me fizeram ver onde estava errando eu realmente me anulei demais e e tô tentando reverter isso mas ainda tenho uma dúvida, é que trabalhamos na mesma empresa, devo tratá-lo normalmente ou ignorar? Eu me humilhei, admito, mas quero tirar essa impressão e me valorizar, eaí como procedo?

    Sarah Oliver · 21 de novembro de 2016 at 09:06

    Emily
    Trate-o normalmente, com educação e apenas responda algo sobre trabalho, sua vida particular e a dele não dizem respeito. Nenhum dos dois tem esse direito.
    A sua vida é sua e a dele da mesma forma. Evite de ficar comentando algo para seus colegas sobre o término. Seja discreta. Trabalho é trabalho e pronto.
    Cuide da sua vida e não dê brexas para comentários sobre vocês dois, quanto mais discreta você for, mais a chance de tudo ficar em pratos limpos em pouco tempo.
    Sara Oliver

milena nascimento · 20 de novembro de 2016 at 12:13

Sara,

Me dá um conselho…leio todos os seus texto e tento seguir tudo direitinho. Acontece que estou com um problema grande. Estou solteira a um ano mas não consigo esquecer meu ex. Eu acostumei ele muito mal , sempre perdoei todas as cagadas que ele fazia, mas tudo tem limite né?Enfim , faz um ano que terminei , fui firme e disse que se ele me procurasse eu dava uma queixa dele(fiz isso, pq estava desesperada já, ele não se decidia e vivia aprontando, não largava do meu pé)…Troquei de numero, exclui ele das redes sociais e sigo firme sem contato por um ano. Acontece que eu não consigo esquece-lo, sei que ele me ama, sei o que vivemos , queria esquecer, passar um borracha, mas tá tão dificil…Estou ficando com outra pessoa que é muito legal, até gosto dele, mas nada se compara ao que sinto pelo meu ex..o que faço ? Eu tenho absoluta certeza que meu ex irá me procurar, sei que ele está dando só um tempo, tenho medo de ser fraca e ceder…por outro lado, queria que ele mudasse para sermos felizes… me ajuda, estou muito triste, não ligo para ele e as vezes que encontrei com ele fingir que não vi…Mas só deus sabe o quanto isso tá me custando, faço isso pq sei que é para meu bem e que devo me amar e só aceitar o melhor! Me aconselha por favor, acho vc muito ilumida

    Sarah Oliver · 21 de novembro de 2016 at 08:59

    Milena
    Que bronca hein? O cara sumiu por um ano, e você ainda acha que ele ama? Ah não Milena, hoje é segunda feira e trato como o dia das verdades serem ditas doa a quem doer.
    Desilude do homem aí, se ele te amasse mesmo deixaria até do orgulho para te procurar e reatar algo com você. Você ainda está com outra pessoa e vive o passado todo tempo?
    O problema não é o seu ex, e você. Que se agarrou numa esperança nefasta e que não existe. Só existe na sua cabeça e que você teima em alimentá-la. E que irá destruir aos poucos qualquer relacionamento que você tenha com qualquer homem, porque você sempre estará se vinculando ao outro. As pessoas são únicas, e você tem que prestar atenção nisso. E se lembrar de uma máxima que sempre digo aqui: NÃO FAÇA COM OS OUTROS O QUE NÃO QUER QUE FAÇA COM VOCÊ!
    Se você não se dispuser a arrumar todos esses sentimentos bagunçados que existem aí dentro de ti, irá fazer sofrer alguém que nem está sabendo do que se passa internamente na sua mente e coração.
    Seja verdadeira e faça a coisa certa. E assim que o caminho se abre.
    Sara Oliver

Tamires · 20 de novembro de 2016 at 14:35

Meninas eu estou tentando comprar alguns áudios de vocês, mas não está dando porque só trabalho com débito e não credito, lá da que não aceita. Tem como me mandarem boleto ou uma conta pra depositar o valor e vcs me enviarem?? Preciso muito

Lilo · 20 de novembro de 2016 at 23:16

Olá, não vim exatamente pedir “ajuda” para uma determinada situação, mas tenho umas dúvidas e queria que alguém me ajudasse a enxergar uma possível resposta. Para resumir, namorei por 4 meses um rapaz, ele é viciado em trabalho desde que o conheci (chegou a dizer que o trabalho era mais importante que a própria vida dele, felizmente, ele sabe que isso não é normal) Primeiro mês, ele me chamava mto pra sair, conversávamos mto tbm, maas, era tudo pela internet. Não, ele não morava longe, dava para vir aqui a pé.

Ele não costumava ligar e nem eu pra ele, nunca me incomodei pq nunca gostei msm, mensagens de texto são mais práticas. No segundo mês, ele me veio com uma história de que estava com uma “tonelada” de trabalhos. Ele até me mostrou as exigências do chefe dele e eu pude comprovar. Mas, eu sempre tive plena certeza de que isso não é uma desculpa que se possa usar mais de uma vez para deixar de encontrar alguém.

Dei corda para saber até onde ele ia, e assim foi. No terceiro mês ele parou de me chamar para sair, e me chamava para conversar quando podia. O meu erro, e reconheço, foi estar disponível sempre, é, eu sei, aprendi isso apenas agora, é algo que n posso fazer, mas acabei fazendo por causa de uma frustração com o ex antes dele, eu era ausente demais.

Então, no quarto mês eu lhe disse que estava perdendo o interesse pq ele estava muito ausente, a essa altura me mandava msgs só tarde da noite, ou sumia o dia inteiro. Ele disse que n entendia e que sempre tentava me dar atenção e fez um texto enorme explicando que nunca tinha dado tanta atenção a alguém.

Mas veja, eu não o encontrava pessoalmente desde o primeiro mês de namoro, só nos vimos duas vezes – é meio ridículo – no último mês, eu conversei com ele, e fizemos um “acordo” que inclusive eu sei que não deveria existir pq isso é um requisito MÍNIMO num relacionamento. Nos vermos no final de semana, sab ou domg, tanto faz, n queria criar rotina.
Então, veio a primeira desculpa, ela foi tão ridícula que a raiva me subiu, mas não respondi pq n queria me arrepender por falar algo q n devia.

Então, ele veio com aquela velha ladainha, “eu te amo” e eu apenas respondi, “as vezes não parece” Só viu no outro dia, e disse “depois a gente conversa, eu tenho muita coisa pra fazer hoje” Me deixou falando sozinha. Durante a tarde daquele mesmo dia, eu pensei se valia a pena continuar, e vi que não, então terminei. Ele veio num desespero enorme, dizendo que não entendia o pq. Eu já o tinha explicado três vezes, então rolou uma baita dr, e ele sugeriu que deveríamos conversar pessoalmente e ver se ia dar certo, pq terminar por msg é considerado covardia, mas como eu ia terminar pessoalmente se ele nem aparecia?

Aceitei, então marcamos domingo, ele me deu atenção após a dr, mas depois sumiu e só reapareceu na quinta pra remarcar pra sábado, deu seus motivos. A pulga atrás da minha orelha começava a me morder. Eu sabia que ele ia furar, mas eu fingi q acreditei. E não, quando ele sumiu eu n fui atrás dele. Não costumo correr atrás de ngm, principalmente homem, ngm merece, ele sabe onde me encontrar.

Enfim, não marcamos o lugar nem a hora, pq ele disse q “ia ver e depois me avisar” sexta ele sumiu de novo ( sumiu nada, tava online mas n me chamava pq n queria msm) e reapareceu no sábado pra dizer q n podia por N motivos. A raiva ressurgiu, mas me calei pra n falar besteira. Apenas visualizei e o deixei no vácuo. No dia seguinte eu terminei, foi meio grosseiro e curto, “Somos só amgs e pronto” ele viu essa msg, só q eu tinha excluído a conversa antes de saber q ele tinha visualizado (só descobri dps) então, acabei mandando outra msg (meia hora dps) falando, “foi meio grosseiro, desculpa, mas, o que vc realmente quer?”

essa segunda msg ele n viu. Mas, n viu de propósito. Ele estava online, compartilhando coisas, e inclusive comentando em algumas que eu compartilhava. E ficou nisso até quinta, quando perdi a paciência. Mandei uma msg objetiva, não pq eu queria q ele viesse atrás de mim, mas pra por um ponto final definitivo e tirar o peso das minhas costas.

Disse que ele estava mt ausente, que eu n estava feliz e que era melhor sermos apenas amigos. Desejei felicidades e ponto. Ele veio com outro texto, explicando todos os motivos da ausência, e no final disse, “não quero colocar um ponto final na gente, mas talvez um ponto e vírgula, vamos dar um tempo, o tempo vai nos dar a resposta q queremos, fica bem”

Então eu o deixei. Faz uma semana e poucos dias, ele n falou comg desde então e nem eu com ele, não vejo problema nisso, até pq falar e falar n significa nada pra mim, eu quero atitudes, algo que ele n provou ter, esse jogo de falar e n agir de acordo não funciona comg, prefiro que faça do que fale. Por isso, eu mesma n faço promessas a ngm, e felizmente ele tbm n fazia.

Eu ainda fui boazinha por ter esperado 3 meses. Ele não dizia que sentia minha falta, tinha deixado de falar comg de forma gradual até começar a sumir, dava prioridade pra outras coisas, nunca foi frio ou indiferente em relação a mim, mas era ausente demais. Eu praticamente tava namorando a tela do pc, até ele começar a sumir. Ele n é uma má pessoa, nunca brigamos nem nada, era td diálogo, a ausência era realmente o único problema.

Mas eu tenho uma dúvida interessante, o motivo da ausência variava entre trabalho em excesso e problemas de saúde dele. Sei com toda ctz q quem quer, faz acontecer. Senti de forma clara que ele tinha me jogado no segundo plano. Não quero que ele venha atrás de mim se não estiver disposto a me mostrar atitudes – e se realmente n vier, terei ctz de q n existia sentimento – pq estou na fase de esquecimento.

Algumas pessoas me disseram que ele estaria tentando se resolver para ir atrás – isso devido a última msg dele – outras q ele n estava pronto para um relacionamento – o que concordo. E eu, acho e teimo no fato de que ele simplesmente perdeu o interesse, pq pra mim aquela msg n vale de nada, é só uma msg, n uma atitude.

Então, na sua visão, o que vc acha?

É apenas uma dúvida, não pretendo ter esperanças nem nada do tipo, eu tomei a decisão de deixá-lo pq eu n estava feliz e n vou voltar para o mundinho confortável dele e insuportável pra mim.

Desculpe o texto longo, mas para uma boa avaliação é bom contar uma boa parte da história, e olhe q ainda falta coisa kkk agradeço desde já.

    Sarah Oliver · 21 de novembro de 2016 at 08:35

    Lilo
    Infelizmente o mocinho aí te disse desde o início que estava dando prioridades para o trabalho e mesmo assim você quis tentar para ver no que ia dar mais na frente.
    Tentativa que faria também, e nesses poucos meses sua consciência já te disse que liga o alerta que não está legal a situação. Vejo você bem ciente e que isso não vai dar em nada. Não existe interesse algum do cara na sua pessoa. Ele não te deixou em segundo plano, deve estar pro 5 plano e olhe lá. Você é apenas alguém que ele chama quando está sem o que fazer e simplesmente acha isso ótimo. Ele não se esforça para nada, não se movimenta. 4 meses e ele nem te convida para sair, para conversarem fora da telinha do computador. Algo muito sem importância. Ele não está nem aí, mas quando você corta o barato dele ele fala coisas legais e bonita para tentar fazer você mudar de opinião.
    Você fez certo, não espere nada dele, porque nada já é uma coisa que você teve durante esses poucos meses. Suma da vida dele e não puxe mais papo, caso ele faça seja apenas educada sem dar muito importância.Dê ausência para se ter presença. Se não acontecer nada é porque não era para ser.Dê prioridade para quem se esforça para estar do seu lado, ele pode te tratar bem, ser educado como você disse, mas para você isso basta? Creio que não. Então porque você vai tentar mover céus e terra por alguém que não moveria uma palha por você?
    Faça as contas e aperte o delete para esse cara.

    Sara Oliver

      Lilo · 21 de novembro de 2016 at 18:52

      Obrigado por me responder Sarah! Encontrei o site há uns dias, estou usando pra aprendizado. Já imaginava q vc diria isso, e felizmente eu já estou no ponto de não me importar mais com o fato de não ser importante pra ele, eu já aceitei.

      Obs, ele n disse no começo do namoro q era viciado em trabalho n, ele disse q estava fazendo um trabalho TEMPORÁRIO, e precisava focar naquilo por enquanto, por isso eu acabei deixando levar por tanto tempo, no final, o prazo de entrega chegou e continuou a mesma coisa, ele só me falou q era viciado em trabalho quando terminamos.

      Mas eu tenho uma dúvida, pq q os homens (sem generalizar) mesmo quando n estão interessados continuam insistindo? Quer dizer, eu sei q existem alguns q são covardes e fazem coisas ruins pra q a moça termine, mas no meu caso eu tive q terminar duas vezes. E ele continuava insistindo, sem contar na segunda em que ele deixou aquilo no ar.

      Uma amg minha disse q na opinião dela, ele acha q n terminamos, mas estamos dando um “tempo” – o que pra mim é horroroso, foi como se estivesse dizendo, “deixa eu resolver meus problemas depois eu falo com vc”

      ngm merece, não se preocupe, kkk eu vou seguir minha vida. Felizmente sou o tipo de pessoa q sempre foge quando n está feliz com o relacionamento, independente de gostar da pessoa, se não me faz feliz não é bom pra mim, é sempre melhor sofrer agr pela perda, pq passa, sempre passa, do que ficar ao lado de alguém q só te faz raiva.

      Então, qual a sua opinião sobre homens q agem assim? Não estão interessados mas tbm n deixa a moça livre?

        Sarah Oliver · 22 de novembro de 2016 at 10:06

        Lilo
        Eu tenho dois pontos para te responder essa pergunta:
        1: o cara não gosta de ficar sozinho, e acaba se vinculando a você sem assumir nada, porque nos momentos que ele está só, tem você para suprir que seja por um conversa o vazio que se instalou;
        2: e quando o cara ainda não teve tempo de arrumar outra pessoa melhor que você, então ele fica ali sem sair do lugar e também não toma nenhuma decisão, porque ele não quer ficar sozinho.
        Se você observar nos dois pontos citados ambos são movidos por uma única ação: O EGOÍSMO.
        O cara não está pensando em você, somente nele e pronto. E a única alternativa e você analisar a situação e definir se vai ficar no jogo de ego do cara, que não toma atitude e não defini nada, ou pular fora.
        Só que aí na última alternativa de pular fora, você está pensando em você, no que é melhor para você, e não forçando o outro a tomar postura alguma, porque você sabe que isso não tem como fazer. O outro só se posiciona se tiver afim e com vontade.
        Vai que você um belo dia está lá curtindo sua vida, e o cara aparece com uma decisão estampada? Ou você pula fora, o cara assuma com outra? E questão de momentos e de querer. Então para que se preocupar não é mesmo?
        Como diz a música de Lulu Santos: nada do que foi será de novo do jeito que já foi um dia!

        Sara Oliver

J. · 20 de novembro de 2016 at 23:29

Linda,me ajuda… estava ficando com um cara,mas eu vivia falando do meu ex,e em uma conversa disse que ia dormir na casa do meu ex p buscar umas coisas e apartir do meu comentario ele disse que nao quer mais pois perdeu a confiança e assim foi embora. no outro dia mandei inumeras msg,falando que ele era igual a todos,que me conquistou e foi embora,ele visualizou e IGNOROU. uma semana passou e ele mandou uma solicitação no meu facebook. devo aceitar ou não ? o meu numero no whatsapp ele tem,se nao a foto sumia,hj eu tirei o numero dele… a solicitação significa algo ou nao ?

    Sarah Oliver · 21 de novembro de 2016 at 08:21

    J.
    Peraí você está com outro e fica falando do seu ex? Que negócio é esse? Se eu tivesse na situação do cara, eu já tinha te mandado embora da minha vida a muito tempo, nem tinha conversa contigo. Onde já se viu falar umas coisas dessas? Cadê seu senso de coerência? Moça, você está com ele, que homem neste raio de mundo vai achar normal e aceitar que sua ficante que seja, durma na casa do ex. Homem pode não querer nada com nada, mas isso fere a dignidade e o orgulho do cara e você deixou isso bem claro.
    Conselho meu para ti: não fale do seu ex para homem algum, eles não querem saber, não tem interesse, evita esse tipo de conversa que seja com um ficante. Vocês estão se conhecendo e ficando, portanto ex não precisa ter lugar na vida de vocês. E quando você não para de falar do ex, remete para o cara que ainda nutre algo por ele. O cara corre igual o diabo foge da cruz.
    Fica na sua, e avalie seu comportamento. Eu aceitaria a solicitação mas mudaria meu contéudo dos tipos de conversas.Nâo se importe porque ele mandou a solicitação, porque se você continuar agindo assim, ele vai sumir de novo. Ficar e coisa tranquila, leve e sem cobranças tá bom?
    Sara Oliver

      J · 21 de novembro de 2016 at 12:27

      É…eu errei feio mesmo…. porém pedi desculpas..tirei o número dele e nas minhas configurações quando tiro minha foto some…tirei ontem e hj de manhã ele mandou um “.” E também tirou meu número….o q faço ????

        Sarah Oliver · 22 de novembro de 2016 at 10:35

        J
        Nada. Você não corre mais, não tenta nada. Fica na sua. Pode ser ou está difícil?
        Sara Oliver

Tamires · 21 de novembro de 2016 at 01:29

Meninas estou mais de uma semana tentando comprar alguns áudios dê vocês preciso urgenteeeee. Só que não trabalho com cartão de crédito me mandem por favor a conta que tenho que depositar o valor, ou o boleto, quero o áudio porque sumir e bom, e o ebook dependência emocional nos homens”.
Quero urgente vocês podem me mandar o número da conta? E o valor pra depositar?estou passando uma fase meio complicada preciso muito. Aguardo notícias.

    Sarah Oliver · 21 de novembro de 2016 at 08:07

    Bom dia
    Tamires
    Olha tenta mandar um e-mail para [email protected] e informa sua situação. Pode ser que resolva seu problema.
    Sara Oliver

Cecília dantas · 21 de novembro de 2016 at 05:35

Linda, o meu caso é o seguinte: eu terminava com ele várias vezes pq sou uma pessoa q nunca tô satisfeita com nada.. então ultimamente quase sempre eu terminava e pedia pra voltar e ele cedia, procurava ele pra sexo e depois arrumava alguma coisa p brigar e acabava novamente.. até que semana passada eu quis dar um tempo mais uma vez, passei 5 dias e falei com ele novamente pedindo p voltar a ficar bem e ele disse q ia aceitar mais uma vez, só que agr tava ruim mas q ele ia tentar. só q no outro dia eu arrumei uma briga novamente pq na vdd eu não queria voltar, só falei p sondar o terreno.. ok.. passaram se oito dias e eu fui falar com ele novamente e daí sabe o que ele disse? Que não ia querer mais, que acabou e que não ia ter mais volta e que ele agr queria ficar solteiro, ainda fiquei insistindo pois achei q tivesse de conversa e ele foi bem duro com as palavras sabe? Disse q era pra eu esquecer tudo e que ele não ia voltar.. achei ele bem frio sabe? Como se tivesse pego abuso de mim.. ok.. só q eu até perguntei se depois ele poderia mudar esses sentimentos que tá tendo de mim e ele disse que talvez.. ok.. depois parei de falar claro, né?! Só q eu fiquei mal sabe?! Faz dois dias isso é não sei se ele volta. Ele é orgulhoso e parece q tá saindo por aí e curtindo.. será q ele volta? Quais atitudes devo tomar? O que vc acha sobre isso tudo? O que acha q ele deve ta sentindo? Enfim, a única coisa q sei é que não vou mais falar com ele no whats de jeito nenhum e até desativei o Facebook p ele não ter notícias minha sabe? Quero ficar bem na minha. Bjos

    Sarah Oliver · 21 de novembro de 2016 at 08:12

    Cecília Dantas
    Primeiro: ajuste os seus ponteiros e defina de uma vez por todas o que você quer, porque conviver com pessoas que nunca estão satisfeitas e muito ruim. Existe um desgaste total da outra pessoa porque tem que ficar sempre tentando salvar algo, que nem você mesma faz esforço para salvar.
    O aconteceu com seu namorado e que ele se cansou das suas atitudes impensadas, de brigas sem motivo e claro da sua total inconstância. Portanto, antes de abrir a boca e tomar alguma atitude pense bem porque pode ser que do outro lado, alguém dê o basta que você não estava esperando. Quer dizer, foi o que aconteceu na sua relação.
    Maturidade é a palavra chave para quem sabe o cara retorne para você. Saber o que quer e definir isso é muito importante agora e avalie seu posicionamento de vida e de como encara as situações. Gente insatisfeita não funciona na relação. Se não quiser avaliar continue agindo assim, o processo apenas irá se repetir.
    Sara Oliver

Cecília · 21 de novembro de 2016 at 07:06

Tenho ciúmes das cantoras internacionais que meu namorado escuta. Eu gosto de cantar, mas ele sempre diz que elas são fodas. Nós gostamos muito de música, mas eu tenho isso. As cantoras tem umas vozes muito sensuais e isso me deixa péssima. Quando ele está ouvindo algo assim, daí nem mando uma música que eu gosto por conta disso.

    Sarah Oliver · 21 de novembro de 2016 at 08:04

    Cecília
    Vixe, aí não dá não é mesmo? Isso já extrapola o senso comum senhorita. Dá uma revisada neste paranauê porque não se pode ter ciúme dos gostos do seu namorado. Gosto é igual c. cada um tem um, até porque são pessoas que estão em outro raio do mundo, e nem estão sabendo dessa sua paranóia.
    Seja única,seja você, e dane-se o resto.
    Sara Oliver

F · 21 de novembro de 2016 at 09:37

Oi Sarah, quero uma opinião sua. A questão é namoro a 7 anos e nesse período estou noiva a 1 ano. Semana passada, eu estava com meu noivo tudo tranquilo sem brigas, ele estava até dormindo em minha casa pq minha mãe tinha viajado, pra não me deixar sozinha. A questão que no feriado do dia 15, teve uma festa em uma cidade próxima, e eu descobri pela localização do celular dele que ele foi, só não sei com quem, mas acredito que com os amigos. Eu perguntei a ele se ele tinha ido, ele mentiu dizendo que não tinha ido. Eu disse a ele que tinha plena certeza, e ele não admitiu de maneira nenhuma. Pronto, foi o início pra quebrar minha confiança, pq além de ir escondido Ainda mentiu na cara dura, e isso me gerou várias dúvidas do que mais poderia ter acontecido nesse dia já que ele não admitiu. Ele me procurou depois disso pra conversamos, mais nada adiantou. A questão que ele acha que devo aceitar as coisas tudo tranquilamente, dizendo que eu tava de jogo com ele, pq realmente eu não estava tratando ele bem, pq toda hora me passava na cabeça a mentira. Ele se estressou Ainda disse que pq eu não terminava tudo de uma vez já que não confiava nele, que tinha cansado de meu jogo e que eu não procurasse mais ele. Estou sem saber o que fazer, se estou agindo certo, se é
Motivo para terminar a relação. Pq amo ele demais, mais também não vou aceitar certas coisas.

    Sarah Oliver · 21 de novembro de 2016 at 10:26

    F.
    Seguinte mulheres no geral tem a mania de fazer uma pergunta e não estarem preparadas para as respostas que o homem vai dar. Então porque vocês fazem a pergunta? Se você tem uma leve dúvida sobre ele ter saído sem você, e não é certeza absoluta para que tu vai fazer a pergunta, se sabe que o cara pode muito bem mentir ou oculta o fato e ainda tentar te fazer sentir culpada por te-lo cobrado?
    E uma faca de dois gumes ou você aceita a dúvida ou tira, mas esteja preparada para a resposta dada.
    Ou você acha que o outro é obrigado a te dar uma resposta de acordo com o que você acho correto que é a verdade?
    Depende do outro entende, falar a verdade ou não. Então para que fazer a briga existir se nenhum lado será vencedor?
    Estou falando da minha pessoa,jamais eu vou falar algo que não sei ou tenho certeza absoluta, eu primeiro preciso da verdade absoluta na minha frente. Sem ela não irei tomar satisfação com alguém, já que é baseado apenas em suposição.Não estou aqui dizendo que você tem que aceitar tudo, mas precisa saber se o que você diz pode ser provado e não é apenas uma coisa que te gerou insegurança e medo. Para se ouvir a verdade precisa estar preparada e claro tomar um decisão quanto a verdade exposta ou não.
    Precisa se ter essa noção de sensatez sempre principalmente em relacionamentos longos.
    Pense no que te disse, e se permita visualizar as coisas de um outro ângulo.
    Sara Oliver

Alice · 21 de novembro de 2016 at 13:27

Oi sara, estou precisando da sua ajuda.
Comecei a me envolver com um cara logo que ia fazer intercâmbio, disse pra ele que ficaria um tempo fora e também disse que não queria namorar. Acontece que acabamos nos gostando e começamos a namorar. Ele era um principe, me tratava com carinho, me ligava pelo Skype sempre e tudo mais. Estávamos há 4 meses assim e agora já estou voltando pro Brasil. Só que de um mês pra cá, nós começamos a brigar muito, ele sempre apontava meus erros na minha cara e nem me deixava explicar, brigava comigo e ficava dias sem conversar comigo, e quando eu ia atras ele só pisava em mim. Até mesmo quando ele errava ele me tratava assim, e eu preocupada com a distância, pedia desculpas pelos erros dele e sempre ficava atras. Ele sempre dava um jeito de fazer eu me sentir culpada, sabe? Ele parou de me chamar de amor, começou a me tratar com frieza, e eu no desespero fui atrás dele várias e várias vezes… na semana passada eu disse que não queria mais, brigamos bastante por conta disso, porque eu disse as coisas que ele fazia comigo e ele não aceitou, disse que eu estava dando “surtos de raiva”. Ficamos uns três dias brigando e ele passou a me ignorar, tem dois dias que não fala comigo, mas ele fica curtindo minhas fotos e tudo mais. Eu queria uma opinião sobre como salvar esse relacionamento, como recuperar meu valor (eu me desvalorizei e me humilhei MUITO), porque chego no Brasil essa semana e quero muito ver ele, só que não quero ele me tratando mal como antes. Me ajuda ☹️️

    Sarah Oliver · 22 de novembro de 2016 at 10:41

    Alice
    Vou falar o que disse para uma amiga minha esses dias: seu namoro é barco pra você salvar ele ou está tendo um ataque cardíaco para salvar ele de um enfarto?
    Não se salva um relacionamento quando mas das partes está querendo pular fora Alice. No seu caso o seu namoradinho aí não está se esforçando, ele já pulou do barco e você está nadando sozinha contra a maré. Você precisa se salvar, não a sua relação. Porque o cara está levando como quer e acha certo, e que você pode fazer?
    Insistência, tentativas de arrumar a coisa só funciona quando o outro também se dispõem e aí me diz o que esse cara está fazendo para melhorar a relação de vocês?
    Partindo da resposta pare de se preocupar com o outro, se salve, pule do barco porque ele está afundando e nade até a praia e se permita olhar para você.
    E isso que você tem que pensar agora. Pode ser?
    Sara Oliver

nany · 21 de novembro de 2016 at 17:00

Sara, só estou namorando há 3 semanas, dia 22 de dezembro é aniversário do Love. Ele é uma pessoa bem sucedida profissionalmente e que já tem tudo que quer. Então não sei como presenteá-lo. Também pelo pouco tempo sei que não deve ser nenhum presente muito exagerado. Me dá uma sugestão?

    Sarah Oliver · 22 de novembro de 2016 at 10:11

    Nany
    Veja coisas como algo de time, um chaveiro, uma caneta, homens adoram ganhar coisas para colecionar e se for do time do coração melhor ainda.
    E futebol homens adoram não é mesmo? E tem também canecas, para tomar um chopp, uma cerveja com amigos.
    São coisas que sugiro para dar de presente, porque eles são ligados neste tipo de coisa. E imagina ele lá andando de carro e com o chaveiro lindo que você deu(vai lembrar de você), e se você deu uma caneca térmica para tomar sua cervejinha ele vai lembrar de quem? Ehhhh.
    Eu estou te dando a dica porque dei isso de presente, e homem adora. Mas antes eu fui investigar como quem não quer nada as preferências do bonito. Não custa nada!
    Sara Oliver

Luxie · 21 de novembro de 2016 at 21:09

antes de tudo, eu gostaria de agradecer a Sarah por ela sempre responder a gente, estou falando por todas as seguidoras do blog, ela não sabe como nos ajuda. uma simples palavra que ela nos diz, muda meu humor durante o dia, mudam minhas atitudes, então, acho válido que ela saiba disso! é frustrante ficar no vácuo, apesar de saber que as meninas não vivem apenas por nós hahaha

bem, Sarah, primeiro gostaria de sugerir duas coisas para você postar no blog: como combater os ciúmes (estou falando dos ciúmes mais absurdos que você já ouviu, não apenas aquele da amiguinha no namorado) e o outro seria como conviver com a família do namorado, mesmo que existam atritos, como contorná-los? devemos ficar mais longe ou devemos nos envolver mais? acho que seria um bom tema para ninguém virar ex hahaha.

agora sobre o meu dilema, como posso fazer eu e meu namorado não perder a amizade que temos e a cumplicidade mesmo diante do surgimento das responsabilidades? por exemplo, estágios, trabalhos, grupos de estudos, responsabilidades para com o curso superior ou até mesmo na vida adulta. tenho medo de perdermos a amizade e o amor esfriar por não poder ficar juntinhos sempre.

sempre que ele passa uma semana sem me dar atenção por precisar estudar ou até mesmo quando não posso lhe dar atenção por precisar estudar, eu vejo esse sentimento batendo na porta e me dá uma vontade de chorar. outra coisa. outra coisa, como ter maturidade de aceitar que seu namorado é uma pessoa livre, que vai conhecer pessoas mais bonitas que você mesmo que continue com você, que vai admirar o corpo (mais bonito que o seu) de outras mulheres (seja pessoalmente ou virtualmente), etc? até que ponto deveremos ligar pra isso?

eu só queria não sofrer por tudo isso, sabe? queria me sentir forte e desencanada. quando comento sobre isso com meu namorado, ele me dá apoio, mas parece não ser o suficiente. como contornar essa baixa auto estima? como me achar maravilhosa?

obrigada!

    Sarah Oliver · 22 de novembro de 2016 at 09:54

    Luxie
    Então, é com o tempo que você consegue domar esse medo de que o outro não te pertence e qualquer dia ele pode ir embora da sua vida e te deixar.
    Mas aprendi batendo muito a cabeça, se vivemos conforme achamos correto, e temos atitudes pautadas justamente nesses nossos valores, se encontrarmos alguém que também busque as mesmas coisas casa a ideia e tudo fica bem. O problema é quando acabamos nos envolvendo com pessoas que não tem o mesmo objetivo de vida que a gente, que prefere não ter responsabilidades. Ai tudo desanda, porque ficamos tentando forçar o outro a seguir o que achamos correto. Pressão não funciona neste Universo, nem que você queira.
    Vai ter outras mulheres mais lindas e gostosas, com mais atributos que você, mas adquiri uma coisa que se chama ser única. Ninguém será como você. Tem vezes aquela moça que você acha bela e maravilhosa, não vai encantar seu namorado, e aquela que você acha tem mais beleza que ela, vai encantar mais seu namorado que a bonitona. Entendeu?
    o medo acontece justamente quando você não consegue olhar para você e se sentir plena com tudo que Deus te deu. E você achar que poderia ser mais do que é. E você olhar o outro e achar que deveria ter mais, possuir mais. A insatisfação nos motiva a sempre achar que vamos perder, que não merecemos tal coisa e que um dia por não sermos abençoados o outro irá nos deixar.
    Quem disse que você não pode? Não foi ninguém,foi você mesma que usou deste artifício para se boicotar. Dizer que não é boa o suficiente para esse seu namorado e que ele pode te deixar. Porque tem mulheres melhores que você. Eu sei que tem, eu tenho certeza que tem. Mas é daí? Você viver achando que nunca é suficiente para ninguém, você acha que o outro não vai perceber isso? Vai sim. O problema não são as outras Luxie, o problema é você. Essa ideia eu tive somente depois dos meus 30 anos, porque comecei tarde a encarar os relacionamentos desta forma. Mas se você e mais jovem, melhor ainda. Está na hora de inserir isto na sua vida desde já, porque o progresso será bem maior, e vai te abrir portas lá na frente. Basta você querer e buscar.
    Isso ajuda na maneira como você lida nas relações, como respeita a decisão do outro, a liberdade que irá perceber que necessita para você e para o outro. Isso muda tudo.
    E claro você se sente mais liberta e também com autoestima elevada. Porque você se desprendeu daquela coisa que se chama posse, ciúme.
    E sabe que não tem como manter o outro do seu lado caso ele não queira.
    Primeira se conheça, abra tudo que você não gosta de ser, se permita. E se proponha a ter outro ângulo das coisas. Te garanto o aprendizado será especial.
    Sara Oliver

Luiza · 9 de janeiro de 2017 at 16:52

Amei esse artigo, apesar de eu estar desempregada no momento, estou quase terminando minha pós-graduação e tenho fé em Deus que vou conseguir um emprego na minha área e dar a volta por cima. Muito obrigado por toda ajuda do blog que tanto nos fortalece novamente.

E aí, o que acha? Comente!