ser disponível

Hoje eu tenho aqui comigo, mais um relato pra contar pra vocês, de como a disponibilidade,

a tranquilidade, a facilidade que vocês dão pro cara destrói o relacionamento.

Meu primo namora há 3 anos, no começo eu achava lindo, ele levava as coisas na mão dela,

corria atrás, ela fazia ele de gato e sapato… ok, normal, é assim mesmo que deve ser kkkkk.

Porém, eu também observava, que quase todos os dias da semana, ela dormia na casa dele,

e se não dormia, ele a buscava em casa, por umas horas, sabem pra quê né,

e logo depois a levava em casa novamente, e isso era quase sempre.

Ok, tudo normal, afinal eles são um casal, e nada mais normal do que ele querer ficar sempre junto dela, certo?

Sim, se não fosse o fato de que ela passou a viver a vida dele, era todo dia, toda festa,

ele quase nunca ia para a casa dela, era sempre ela quem vinha.

Aí com um ano de namoro eles começaram a fazer faculdade juntos, no mesmo curso,

na mesma sala, e ela passou a dormir TODOS os dias na casa dele, só ia em casa pegar roupas,

e todos os dias ele levava ela em casa de manhã, e a noite se repetia o mesmo ciclo.

Até que semana passada, reunimos nossos primos e fizemos um jantar, e meu primo chega sozinho,

e passado uns 20 minutos, ela chega atrás (veio de ônibus, pois ele não a chamou para o jantar).

Durante todo o jantar, ele a trata com indiferença, e no final, ele simplesmente diz pra ela dar carona a um amigo nosso, ou seja, mandando ela ir embora.

Isso foi numa sexta, e no sábado, ele nem chamou ela pra sair, simplesmente disse que queria ficar sozinho,

disse que ia dormir, estava cansado e às 22hs da noite,

meu primo simplesmente sai de casa sozinho, vocês já devem saber porque né.

E aí, como eu realmente fiquei curiosa, pergunto-lhe o que está acontecendo, e meu primo me solta as pérolas:

“Nossa Linda, não aguento mais ver a cara da minha namorada, todo dia ela vem pra cá, vejo ela na facul todo dia, nem sei, mas acho que nem gosto mais dela,

comecei a ficar com outra, mas nem sei se termino, tenho medo de me arrepender, mas realmente acho que eu não sinto mais nada…”

E aí mais uma coisa me foi confirmada: Disponibilidade, MATA a relação!

No caso do meu primo, a acomodação foi tanta, que chegou num ponto onde ele não consegue saber mais nem mesmo o que sente por ela,

e aí, ele como estava relaxado, acostumado com a rotina, começou a ir em busca de desafios, de adrenalina, e isso, incluiu pegar outra…

Esse foi só mais um exemplo dentre tantos.

Quando você tem suas coisas, e não abdica de sua vida por ele, nem abre mão de nada,

ele enxerga em você uma mulher forte, e o homem busca isso.

Por isso é essencial você manter todos os seus projetos, compromissos,

desde o inicio do relacionamento, pois dessa forma, você continua sendo quem pilota o avião,

a dona de sua própria vida, e não se anula, mantendo sempre a faísca acesa.

Escrito por

Linda Cristina

Coaching de Relacionamentos, Autoestima e Valorização Pessoal