como não se apegar

Como não se apegar à alguém que já deixou claro que não quer compromisso? Ou talvez, alguém que você lá no fundão da alma, sabe que não quer nada?

Você está super curtindo ele, mas por dentro, morrendo de medo de se entregar e se frustrar, ou sabe que se demonstrar um pouco, você irá se arrepender!

Mas ao mesmo tempo você cismou com a criatura divina e não quer largar o osso…

E também ao mesmo tempo você tem um troço ai dentro de você chamado carência que te faz fazer muita cagada,

e a cada cagada, menos você quer se abrir e poder viver algo legal.

Antes de mais nada, é preciso ter noção de onde você está pisando!

Se o cara já falou com todas as letras: “Não quero compromisso com você”.

Não tente mudar a opinião dele. Respeite e aceite!

Você é quem precisa tomar uma decisão a partir da decisão que ele já tem!

Continuar ou ir embora? Continuar curtindo, mas sem criar expectativas, ou seja, sem se iludir, ou então dar a chance à quem realmente possa querer algo sério?

Como não se apegar? Eu não sei, depende do que você REALMENTE quer.

Existe uma balança dentro de cada um de nós, que em determinadas épocas de nossa vida, vai pesar pra um lado.

Exemplo: Você até pode estar querendo um relacionamento sério, mas pelo fato de você estar curtindo a maneira como está indo essa relação (mesmo que ele não queira assumir), você acaba ficando.

Ou pelo fato de estar tão carente e achar que não irá conhecer alguém tão legal quanto ele, a balança também acaba pendendo pro lado de continuar com alguém sem que ela possa te dar o que você quer!

O problema nisso é essa decisão estar baseada no MEDO!

Se sua decisão está baseada no medo, como o exemplo da carência, então provavelmente você vai sim se iludir e mais tarde se frustrar…

Agora, se sua decisão está baseada no PRAZER de curtir a companhia da outra pessoa, sem esperar nada em troca, então as chances de você conseguir realmente CURTIR e NÃO SOFRER, são enormes!

E quando você está no PRAZER, você acaba atraindo coisas ainda melhores, então a chance de você conhecer alguém que queira algo é muito maior.

O amor não tem por que estar apegado. E se este entendimento chegou a ti – que estás cansado do apego – então, solte o apego.

Isso não é um passo para deixar ir o amor; na verdade, é um passo no crescimento para o amor. Mas a mente está muito confusa sobre o amor e o apego. Tens que estar muito alerta, somente então podes ser amoroso; caso contrário, o apego está instalado. E cria problemas, gera miséria.

Quando o apego gera miséria começas a ficar cansado do apego, então, naturalmente, do amor também. Então começas a ter medo do amor, porque vês que se ama, o apego aparece. Estes não estão necessariamente ligados; Só se conectam na nossa ignorância, em nossa inconsciência. Eles mesmos não estão ligados, são pólos opostos. De fato, é um milagre como os manuseamos juntos na mesma cama! Não são companheiros de cama;  Não são um casal. O apego é um veneno para o amor. -“Osho”

Como disse o mestre Osho, o apego é um veneno para o amor.

Então seja HONESTA consigo mesma!

Como não se apegar? Sabendo discernir sobre o que está pesando pra você, e o principal: PORQUE a balança está pesando para esse lado, e se no menor sinal perceber que é apego à algo ou a sua carência, dê um passo atrás!

Escrito por

Linda Cristina

Coaching de Relacionamentos, Autoestima e Valorização Pessoal