Acho que muitas de vocês sabem que o poder do não é verdadeiro. Nos mulheres temos esse poder nas mãos, mas tenho observado que muitas não sabem utilizá-lo corretamente, e para ser franca, algumas nem sabem o que é esse tal do poder do não. Preocupante.

Tem algumas que usam o poder do não para fazer charme, se fazer de difícil, enrolam o cara, mascaram suas vontades, só para deixar o pretendente correndo atrás;

Outras usam o poder do não, só para provar que pode, e que nenhum cara vai fazer elas de boba, as que desconfiam até da sua própria sombra, tipo de mulheres que já sofreram, e aprenderam com a dor, a agirem desta forma;

E tem as desavisadas, desprovidas de qualquer malícia, que estão absortas no mundinho de conto de fadas, nem se quer sabem do que estou falando. Ou se sabem não dão muito importância para essa ferramenta importantíssima dos relacionamentos que todas nós mulheres temos. Eu disse todas.

Então o que é esse poder do não, que devemos aprender a usar o mais depressa possível?

Deixando as dicas acima de lado, poder do não é você aprender a discernir o certo do errado, o que vale a pena e o que não vale você investir. E você escolher pessoas que tem objetivos em comum, planejamentos no mesmo timing que você.

E você não ignorar os problemas apresentados inicialmente, e você não mascarar os defeitos dos outros, principalmente quando se está conhecendo a pessoa.

Mas na contramão dessa coisa extraordinária vejo muitas moças agindo ao contrário. Dizer não para elas e simplesmente uma tortura sublime. Falar não e deixar o moço ir embora, e perder o cara. Mal sabem elas que você irá perder ele lá na frente por não ter postura de usar o poder do não nos momentos certos.

Poder do não e você dizer comigo não homem comprometido;

Poder do não e você dizer não para o cara que te maltrata; age com falta de respeito; e você não aceitar mentiras, traições repetidas vezes;

Poder do não e você dar chance para o cara uma vez, explicar nos mínimos detalhes que se voltar a acontecer novamente, já era o tal dos felizes para sempre;

E se ele voltar a repetir as mesmas atitudes falhas e incorretas você simplesmente dizer hasta lá vista baby. Entender que somos seres humanos, perceptíveis de erros, mas errar segunda, terceira, quarta, já não é mais erro, e falha grave, punido com cartão vermelho: não serve para estar na minha vida.

Porque as mulheres em suma maioria preferem sofrer caladas, pedir ajudar pra meio mundo de pessoas, chorar, lastimar , e dizer um basta para as cretinices que o cara faz é difícil? Diante da alternativa óbvia e escancarada mais fácil e reclamar, lamentar e ficar em ponto morto.

O certo e não sair da zona de conforto, e não arrumar as coisas.

Algumas dizem que tem medo da reação do dito cujo, neste caso já é assunto para a polícia resolver, se você tem medo do parceiro, e sinal que boa coisa ele não é. E se nessa via você seguir, isso pode tomar proporções terríveis num futuro próximo.

Não se torne refém do medo, ele te deixa imóvel, estática, sem poder de reação. E diante disso você se tranca em um mundinho particular, não se permite. E o cara aproveita de todo esse seu pavor para fazer um estrago maior na tua vida. Diante do medo você não reconhece seu valor, seu papel de ser humano, de alguém que merece o melhor, você se perde e por fim entra em estado depressivo. E tudo porque você ignorou o poder que tem diante dos seus olhos.

E chegado a hora que teremos que encarar nossos medos, porque a vida por si só irá fazer você mudar de frequência, você entenderá que viver desta maneira não te trará felicidade, nem tampouco amor próprio. Liberte-se do medo que te prende. E claro, use o poder do não!

Texto por Sara Oliver, colaboradora do site.

[subscribe2]

dependencia emocional

Escrito por

Linda Cristina

Coaching de Relacionamentos, Autoestima e Valorização Pessoal