Siga nos no YouTube e veja nosso conteúdo! >>https://www.youtube.com/c/fazerhomemvalorizar

Eu quase fico maluca com o tanto de mulher em pleno desespero que vem até o meu site, com histórias que me deixam de cabelo em pé, que eu fico pensando como isso é possível, como uma mulher é capaz de suportar tais coisas apenas pra ter um homem ao lado.

Porque você acha que ele é o único que vai te fazer feliz? Mesmo com todas as atrocidades que ele comete, você tem seu valor, mas parece que você o ofusca apenas para exaltar as qualidades (inexistentes) naquele elemento que você insiste em chamar de namorado, marido…

Parece que a visão de vocês ficam tão deturpadas que não dá pra distinguir mais o que é certo ou errado, o que é bom ou ruim. Eu que vejo de fora, sei exatamente como você está se agredindo, mas também não posso julgá-la, pois eu sei que tudo tem sua hora e momento pra acontecer, inclusive o momento em que você vai acordar e perceber que merece ser feliz de verdade…

Sabe, eu já fui bem louca, neurótica, e só parei quando vi que estava me fazendo tão mal, que estava vendo um futuro com problemas de coração, pressão alta, e realmente cai na real de que eu preciso me fazer feliz, ninguém vai fazer isso por mim, e cá entre nós, é melhor sofrer de amor, do que viver em hospitais cuidando da saúde e ainda assim não ter amor, porque o amor antes de tudo deve vir de nós pra nós e quem se deixa maltratar assim não o tem por si.

E então eu aprendi a confiar, comecei aos poucos, primeiro mandando tudo ir pra puta que o pariu. Ou então dizendo em alto e bom som FODA-SE TUDO!

Me desliguei do mundo e comecei a prestar atenção em mim, no que o meu coração me dizia. E assim tudo melhorou.

Sabe, em relação a homens, não adianta você se desdobrar, porque se o cara quiser ser um cretino ele vai ser e ponto. Existe o cara que vai te tratar com respeito, e aquele que está cagando e andando pra você, basta você escolher qual que você quer. Esquece os dramas de paixonite aguda, que isso na verdade, não existe, pois se você não se ama, não é capaz de amar. Será que você tá entendendo?

Como eu já falei em alguns posts, quando é pra ser, a coisa é fácil e você não passa raiva. Quando você conhece um cara, ele respeita os seus NÃOS porque pra ele, você é mais importante que amigos, que balada, afinal, se ele quiser construir de fato uma vida com você, tudo isso ficará em segundo plano, MENOS VOCÊ.

É isso o que eu aprendi, portanto, não adianta se descabelar porque ele foi pra balada com os amigos, e não teve consideração com você, se ele desligou o celular e não teve  a decência de ligar avisando, a única resposta pra isso, é que ele não fez porque ele NÃO QUIS! Não adianta cobrar, então porque você não relaxa, e manda ele e todos irem se f#@$#?

A confiança deve vir aos poucos, assim como a autoestima vai se criando novamente, no momento em que você se perceber e entender que merece sim um homem decente e que te trate com dignidade. O resto é apenas resto, e vão ficar na memória como professores e degraus para o seu sucesso!

Siga-me nas redes sociais

16 Comentários

Mi · 15 de julho de 2015 às 11:16

Palavras de sabedoria!!!! ao colocar em prática suas dicas tudo ficávamos leve.

Mi · 15 de julho de 2015 às 11:31

Palavras de sabedoria! ao colocar em prática suas dicas, tudo fica mais leve.

Ana · 15 de julho de 2015 às 12:07

Muito legal!!:)

Mayara · 15 de julho de 2015 às 14:19

Passando aqui pra falar que adoro esse blog 🙂

natália · 15 de julho de 2015 às 16:03

Adoro o seu site. Eu fui uma dessas mulheres que choram e se descabelam por um homem que não valia a pena. Sofri muito e me curei. Pena que descobri o site depois de ter passado por essa tempestade. Se tivesse descoberto antes talvez minha libertação seria mais rápida, pois vc sabe o que fala. E toca nos pontos onde precisamos mudar. Você é piscologa? Como vc consegue escrever tudo o que precisamos ler para abrir os olhos pra vida?

    admin · 15 de julho de 2015 às 17:53

    natália,

    Eu apenas sinto no meu peito o que devo dizer, e saio escrevendo!
    Não tem nada melhor do que ver mulheres sendo valorizadas, e de bem com a vida…

    Bjs
    Linda Cristina

Thaty lima · 15 de julho de 2015 às 16:06

Tá em ajudando muito todo dia eu dou um a olhada aqui apesar de está muito triste tudo o que leio aqui me ajuda bastante

Dan* · 15 de julho de 2015 às 16:52

Linda me ajuda, namoro a um bom tempo já.. brigamos há quase duas semanas e desde então não nos falamos. Simplesmente brigamos e ele sumiu. Não terminou nem nada.. O que eu faço, devo esperar um contato dele?
Amei o texto! To amando o site!

    Dan* · 15 de julho de 2015 às 16:54

    E devo encarar esse sumiço como um término? To muito perdida. To tentando viver minha vida normalmente, mas essa dúvida me maaata 😡

      admin · 15 de julho de 2015 às 17:52

      Dan*,

      Se dê um prazo de espera, se passar umas três semanas e ele não aparecer, então dê como terminado.

      Bjs
      Linda Cristina

Juliana · 16 de julho de 2015 às 07:44

Oiii linda! Estou ansiosa para começar a ler o livro hj.

jujuzinha · 16 de julho de 2015 às 11:49

Otimo linda.parabens continue com esse site abençoado. Esta ajudando mto nós mulheres. A cada dia nos sentindo mais forte.

Ernan · 16 de julho de 2015 às 14:38

Linda aceita meu comentárioooooo, preciso da sua resposta pra esse fim de semana!!!!

Cecília · 16 de julho de 2015 às 16:58

Amando esse blog *-*

Cristilene sena · 26 de agosto de 2015 às 09:11

Nossa amei esse site me identifiquei demais, tudo o que você escreve eu vivo e já vivi, estou passando por uma dor insuportável por um homem e sei que não vale a pena um segundo de dor que estou sentindo mas e pelo o que li e anualizei errei muito com meu parceiro muito mesmo que chegamos ao fim por culpa minha

    admin · 26 de agosto de 2015 às 10:25

    Cristinele sena,

    Primeiramente, Culpa não existe! tire isso da sua cabeça, relacionamento é uma via de mão dupla, com certeza ele teve a parcela dele…
    Não se culpa, e acredite que você é maravilhosa, e quem perde sempre é ele.

    Bjs
    Linda Cristina

E aí, o que acha? Comente!