feliz

desapego

desapegue

pare-de-correr-atras

desapegue-se

Por várias situações em minha vida, já me peguei querendo alguém perto de mim, não por vontade de estar com a pessoa, mas apenas pela necessidade de controlar.Achar que só sou feliz com ela…

Sabe quando você quer muito fazer uma coisa só sua, mas deixa de fazer, apenas pra ficar perto do queridão, pra controlar?

E isso também é se desvalorizar, é como um relacionamento que você SABE que já acabou faz tempo, que só tem brigas, discussões,

decepções, mas você está lá firme e forte, ansiando que por um milagre as coisas mudem,

porém sua atitude continua a mesma, e aí o tempo vai passando, e você perdendo seu tempo,

e jogando fora muitas chances de ser feliz de verdade.

É, eu já passei por isso, até quando tomei coragem, olhei pra mim de verdade e falei,

chega, não quero mais isso pra minha vida, quero ser feliz de verdade, dane-se, vou arriscar mesmo,

e fui, confiando que o Deus iria me dar algo melhor, e com toda certeza neste mundo, me deu,

não só no quesito relacionamento, mas toda minha vida, em geral foi pra frente,

porque eu mudei, eu tomei atitude, eu tive coragem, eu fiz.

O apego existe porque você espera que os outros lhe deem o que você não consegue obter dentro de si mesma.

Mas o ponto deste post é: Como desapegar de uma coisa, sem ter aquele receio de que não vai conseguir algo melhor,

ou aquele medo de se arrepender de ter feito a escolha errada.

Porque é isso que nos faz sentir apego a uma coisa, além da posse, é o medo de se arrepender.

Pois bem, quando você não está satisfeita com algo em sua vida,

é porque está na hora de algo novo, é a própria vida te pedindo pra mudar, pra ir pra frente,

nós nunca damos um passo atrás, porque estamos sempre em aprendizado.

Se sentir apegado a alguém, faz muito mal, pois isso nos faz sermos dependentes das atitudes do outro para sermos felizes,

o que nos anula totalmente, e o preço que você terá que pagar depois será alto.

Por exemplo, se você fica feliz ou triste dependendo se o bonito te liga ou não,

se você espera ele dizer algo, ou te chamar pra sair, primeiro, pra depois tomar uma decisão,

se quando ele não pode estar com você, você fica deprimida e não consegue fazer mais nada,

isso além de apego, causa uma enorme desvalorização, pois é o mesmo que se anular por alguém.

E a dor ainda é muito pior,  quando tem que lidar com a partida de uma pessoa querida.

Dói encarar uma relação desfeita ou a separação de um filho. De repente, sem que a gente queira,

algo acontece e uma pessoa se afasta. E nós não aceitamos,

porque sustentamos a ilusão de que aquela fonte de afeto é nossa, e que aquilo ficará ali para sempre.

Tem um exercício muito bom que você pode fazer sempre quando estiver se sentindo apegada a algo, ou alguém:

Imagine que está dentro de um estádio, bem no meio do campo, e todas essas pessoas estão quietas, nas arquibancadas.

Diga a elas: “Estou me dando o direito de não esperar nada de vocês. Deixo de lado qualquer expectativa e, o que vier, é lucro”.

Escutando você, elas começam a abandonar o estádio. E ele fica vazio.

Pela primeira vez, dentro de você não tem ninguém. Você está só, olha para o chão e vê um buraco. Agora pule e sinta apenas a sensação de cair.

De repente, o fundo começa a aparecer. Seja o que for: pedra, água, luz, não importa,

fixe seu olhar nesse fundo. Se o que você viu foi uma pedra, imagine-se derretendo e virando uma pedra. Diga: “eu sou as sensações que tenho agora.

Na realidade, caí dentro de mim, da minha essência”. Então o buraco some e só ficam as sensações. Tudo o que você queria está simplesmente em você!

Não se apegue a nada nem ninguém, somente a você,

pois é só você quem pode lhe dar tudo o que precisa, e não outra pessoa.

Se não está feliz, mude, troque, faça, e não sinta medo, receio, pois o que conta é a sua felicidade!!!

Escrito por

Linda Cristina

Coaching de Relacionamentos, Autoestima e Valorização Pessoal