Esse é um tema para as casadas, e as que estão namorando por um período longo.

Vai chegando um tempo, depois de anos, convivendo juntos, que infelizmente a rotina, esse algoz tão comum nos relacionamentos de longa data, acaba chegando e junto com ele a crise no casamento e nos namoros.

 E comum existir reclamações principalmente das mulheres, que percebem que o marido, namorado não é mais o mesmo. Não a trata como antes, não tem os mesmo cuidados da época que namoravam, ou estavam se conhecendo.

O grande problema nisso tudo não é as reclamações, e sim, o posicionamento e ideia que muitas mulheres têm na cabeça do tipo: casamo-nos e estamos juntos há muito tempo, ele tem que me tratar sempre da mesma forma.

Muitas acham e vivem naquela coisa do conto de fadas, que tudo deve ser como antes, e permanecer sempre igual.

Só que vão se anos, meses, e junto com eles, os problemas, as crises, as diferenças de opiniões, divergências, etc…

Ele vai e volta e encontra a mesma mulher, de anos. Quando você reclamar do seu parceiro, primeiro olhe para si. Como você está? O que tem feito para a relação? Quais suas atitudes?

Continuam iguais, da mesma forma que há cinco anos? Percebam isso, verifiquem se seus comportamentos permaneceram?

E fácil questionar o outro, botar o dedo para apontar os defeitos do seu esposo e namorado. Porém e quanto a vocês?

As mulheres depois que casam a maioria esquecem que marido tem vida própria, você também as tem. Começam a cobrar, exigir, a se achar a dona do pedaço, só porque agora tem um marido. Não pode fazer nada, não pode sair com amigos, não pode jogar bola, tomar sua cervejinha, e tampouco sair sem estar com você do lado, não pode isso não pode aquilo. Tudo é motivo para tentar podar o outro. São exclusivistas, possessivas e se acham a dona da verdade.

Agora, não estou aqui poupando os maridos, porque os seres são tinhosos também. Mas a maioria das reações comportamentais do homem e porque do outro lado tem uma mulher insensível e desequilibrada.

Eu trabalho com o propósito de antes de você apontar o defeito do outro e reclamar, veja o que tem feito para que esse homem reaja diferente.

Homens detestam serem controlados e se a mulher começa a fazer isso, ele vai justamente fazer ao contrário só para te pirraçar e te deixar nervosa.

Tem algumas que dizem: meu marido não me trata bem, só age com grosserias comigo e tudo que eu falo ele responde rispidamente. Não temos mais diálogo e ele não me ouve mais.

Então está na hora de você mudar o tipo de abordagem que está tendo com o seu companheiro.

Se você cobra, exige, perturba, ele vai querer distância de você. Vai preferir o bar no final do expediente que voltar para casa a ouvir suas lamentações.

Se ao chegar ele só te vê exigindo, mostrando os erros que ele está tendo, ele vai responder com grosserias, porque não vai querer escutar todos os dias a mesma ladainha.

Por fim, homem detesta DR. Odeia ter que ficar te ouvindo, eles não tem esse perfil e nem são preparados para isso. Isso é da mulher. Se você ainda não entendeu o que estou querendo te passar vai essa: durante todo esse tempo juntos, falar, esbravejar para esse ser, resolveu a coisa? Ele mudou de atitudes? Ou permanece tudo igual?

E só uma questão de pontuar e partir para outra estratégia que faça esse homem te ouvir.

Mude a forma de abordagem, faça ele te olhar e prestar atenção no que você diz. E isso é só você saber tomar providencias diferentes do que já vem fazendo.

Se você fizer isso te garanto, se ele estiver realmente dando importância para a relação e para o que construíram juntos, vai avaliar e ponderar.

Mas primeiro, é com você. Fale menos e espere a hora oportuna de dizer. Seja sábia e a mulher que tem os momentos de falar e se calar.

E o grande começo para este homem te notar e ser o cara que te encantou lá no passado.

Sara Oliver