(Ficantes, namoradas, noivas, casadas! Geral!).

Ah eu duvido se você não vai se encaixar em alguns pontos que vou citar aqui agora? Borá ver?

Ele faz as coisas é você nunca reconhece?

Vou dar um exemplo aqui (essa leitora vai se reconhecer caso leia, ou muitas).

E preste atenção é coisinhas bobas, básicas, mas que muitas vezes passam batido na hora e você não sabe dizer que seja: obrigado pela atenção e carinho!

“Eles saíram e ficaram, rolou sexo e no outro dia, ele deu parabéns pelo dia das mulheres”. Ela agradeceu ao mocinho, mas depois veio reclamar comigo:

 – Sara ele sempre vinha falar comigo cedo, ficava me elogiando pelos momentos que tivemos e desta vez estava estranho, ele não agia assim.

Oh gente, ajuda viu, muitas mulheres só sabem abrir a boca para reclamar, reclama até da sua própria sombra e depois vem aqui e diz: eu não sei por que ele não liga mais pra mim e nem se importa com a relação? Pudera meninas, quem aguenta gente chata e reclamona o tempo todo? Tu podes ser o oh do borogodo, gostosa, bonita, sensual, independente, autônoma, mas se toda vez que ele faz algo para você, só sai da sua boca defeitos e apontamentos, o cara vai parar de fazer, porque você nunca está satisfeita com nada e não sabe valorizar o pequeno esforço do cara. Meninas aprendem de uma vez por todas, têm vezes o grau de expectativas que você coloca no cara, ele nunca vai conseguir corresponder. Porque que o homem faz ele acha que está bom, que é o suficiente. E é justamente neste ponto que a coisa fica preta porque de um lado tem o cara que está fazendo o que ele acha certo e de bom tamanho e do outro tem você que não sabe olhar e perceber os detalhes, ao invés disso só saber reclamar forever. Não crie um conto de fadas e expectativa demasiada em cima de alguém que não tem obrigação alguma de suprir sua carência ou que seja que você ache certo. Sua certeza é uma coisa, agora querer que o outro faça igual você acha correto e totalmente diferente.

Vamos para outro quesito o de não respeitar o espaço do outro

“O cara chega cansado do trabalho, passou por stress no trânsito, o chefe mal humorado, o cliente que enche o saco, o calor dos infernos, etc… tudo isso contribui para o cara estar com os nervos fervendo. O cara chega (essa vale para as casadas principalmente), o cara se isola e fica lá no seu cantinho, demora um pouquinho lá vem a investigadora policial:

Que você tem? Que aconteceu? Porque você está assim? E comigo? Responde-me, fale comigo. Posso te ajudar? Se você não falar como vou saber? PQP!PQP!

Gente do céu, o cara surta! O problema nem é com você, mas ele pensa: essa mulher não me deixa quieto, me atormenta demais, só tem você para ele descarregar o stress, adivinha?

Deixe-me mulher, eu não quero nada, não e nada com você, eu não quero falar… Que porra, você só me enche o saco, não me deixa em paz….o cara vai pro bar….vai pra internet, vai pro futebol, vai para qualquer lugar menos ficar perto de você…..

E aí isso serviu para você?

Vamos para outro ponto

A mulher que quer controlar tudo.

A minha pergunta antes de tudo é o seguinte: você sabe qual é o papel da mulher e do homem na relação?

Se não sabe eu vou dizer:

Homem: cabeça da relação, o controle, o cara que te protege, te dá carinho e aconchego.

Mulher: a ser sensível, frágil, que escuta e concilia e que busca proteção nos colos desse homem, a que sempre digo aqui a sábia da relação.

Resolvido o problema dos papéis vamos para as controladoras:

O homem chega com um problema com alguém da família típico, acontece direto a mulher: fulano você tem que falar com sicrano, você não pode deixar que ele aja com você desta forma, olha se você quiser eu vou lá resolver isso…

Minha cara, ele não te pediu para você resolver, ele só te contou sacas? Se ele te perguntar beleza, mas se só desabafou fica quieta e no mínimo diga: meu bem sei que você vai conseguir resolver isso da melhor forma, se precisar estou aqui.

Quando você começa a querer resolver tudo e a mesma coisa de você o chamar de incompetente e que não sabe fazer nada. E tem dois problemas relacionados a isso: ele ficar acomodado, porque sabe que tudo você pega frente e arruma, ou ele não te dizer mais nada e resolver quieto, porque tudo você quer colocar o bico.

Outros exemplos clássicos: você não sai com seus amigos, se não for comigo, você não colocou status no facebook do nosso namoro, você não me assume, final de semana é comigo e mais ninguém. Essa é a que até doí meus ouvidos quando eu leio (ele não me chama mais de amor, não me manda mais mensagens todos os dias). É muita carência e controle. Até das palavras e gestos que o cara tem que fazer.

Eu li aqui esses dias uma leitora que ficou revoltadíssima porque o namorado não a felicitou do dia das mulheres, e ela foi o cobrar porque já era de noite e ele nada. Neste comentário se tem uma mulher controladora que tudo tem que girar em torno dela. O que é um feliz dia das mulheres? E todos os dias, só porque ele não disse já ficou estressada e nervosa, xingando até a quinta geração do cara. Se não for do meu jeito, o bicho pega. E as que querem controlar até a visão do cara? Eu penso: puxa vida, elas vão ficar com olheiras e rugas cedo, porque eles nunca vão parar de olhar enquanto elas ficarem se importando com isso.

Para resumir esses três pontos que citei acima:

Reclame menos e ouça mais;

Saiba valorizar os pequenos gestos, aprenda que são seres com posicionamentos, valores e pensamentos diferentes dos seus;

Não queira ser a mãe dele, que resolve tudo, deixe-o agir conforme acha certo sem mostrar o caminho, e se ele errar, o apoie, e não deixe que ele te ache indiferente aos problemas dele;

Somos sensíveis, use esse dom que temos em nossa essência para usar isso para o bem estar da sua relação, tenha prudência, saiba a hora de falar e se calar. Tem momentos para você o chamar para conversar, falar duramente e o  de ser compreensiva.

E por fim saiba elogiar, que seja em um bombom sonho de valsa que ele te dê, um agrado pequeno e singelo sem luxo, um convite para sentar no banco da praça caso ele esteja sem dinheiro…

E isso meninas, aprendam a enxergar e respeitar o espaço do outro, cada um com suas manias, diferenças, é assim que teremos relações baseadas no respeito e no companheirismo.

Faça o seu papel que o resto chega como uma brisa leve e suave! Lembre-se você só recebe o que exterioriza então preste atenção no que está refletindo ao seu namorado, marido e ficante.

Ótimo final de semana a todas!

Sara Oliver

 

 

 


20 Comments

Priscila · 11 de março de 2017 at 00:45

Amei Sara. Deixarei salvo para ler todas as vezes que eu quiser controlar um homem. Quando eu namorava, um dos maiores problemas era eu ser controladora. Eu controlava indo do modo de falar até o de pensar, acredita?! Pois é, horríve!! Eu vivi o relacionamento sempre com minha energia sugada, me sentia fadigada. Como podia, né, acabava comigo e imagina ele!! E pensar q o lindo do ser humano é ele ser único e a gnt quer igualar a nós, amamos o nosso ideal e não aquela pessoa… Sei disso na teoria, espero q no próximo relacionamento leve comigo, consiga pôr em prática. Difícil pq está enraizado em mim. Minha mãe é mega, hiper, controladora e eu odeio isso nela e como pode né, eu sou igualzinha. Um dia esse ex me deu um choque de realidade, disse assim: vc fala dela mas é igual. Nesse dia eu vi q sou muito igual a minha mãe e eu sempre a repreendi. O lindo tbm do relacionamento é isso, a gnt vê o q não enxergamos sozinhos ou oq os outros falam… Obrigada Sara e linda pelos conselhos. Beijos de luz. Gratidão ????

P.B · 11 de março de 2017 at 01:15

Não vou negar, sou reclamona sim, e ele me chama de mal criada, mas Sarah ele veio pela primeira vez na minha casa, minha mãe e irmã estava na sala ele não quis dar boa noite logo de cara. Ficamos conversando no roll, meu pai chegou os dois se falaram, OK. Minha mãe foi dormir uma 20:30 e ele não falou com ela, eu fiquei chateada pq teve oportunidade de falar logo com ela e não o fez. Você acha que estou errada? Ele disse que irá outras vezes, que não será a última, que não foi nada d+.

    Sara Oliver · 12 de março de 2017 at 12:20

    P.B
    Se ele te disse que você é mal criada, você é. kkkk. Nem adianta ficar brava!
    Então, se ele chegasse na sua casa e virasse a cara para todo mundo aí chamaria ele de mal educado e grosso. Porém se você reparar ele foi falar com seu pai. E isso e que tem vezes o homem prefere mais a figura masculina que a feminina no caso sua mãe.Outra coisa: homem não sabe ficar fazendo honras não. Tipo: se ele possui afinidades ele vai nisso, mulher que fica tentando fazer caras e bocas. Homem não faz isso.
    E outra ele terá oportunidade também, mas nesse caso olhe sua mãe e sua irmã, talvez não quiseram puxar assunto com ele, e ele ficou sem muito o que fazer.
    Tem que prestar atenção no todo P.B e não olhar somente pela sua visão.
    Sara Oliver

      P.B · 13 de março de 2017 at 00:54

      Sarah, ontem ele veio e conheceu minha mãe, fiquei feliz pq fazia tempo que ele prometia em conhecer meus pais e nada, até nos afastamos por isso. Mas nunca deixou de me procurar, até que veio como falei na mensagem anterior. Lhe agradeço muito, irei me policiar e observar minhas atitudes em relação a mal criação! Kkkkk

Hellen · 11 de março de 2017 at 12:27

Oioioi Sarinha! tudo bem? Esse post veio exatamente na melhor hora! Comecei a namorar essa semana, ele é um cara incrível! Li muita coisa que me fez refletir, inclusive na parte do facebook! eu estava prestes a perguntar porque ele não tomou a iniciativa de colocar no facebook! Desisti da ideia agora mesmo. Outra parte é que ontem eu cobrei atenção dele, sabia que o dia dele ontem tinha sido cansativo, mas pensei apenas em mim, no que eu queria! ele não deu muita atenção, ficava offline e tudo! Fiquei receosa, achando que as coisas iam mudar ou que ele tava arrependido de ter feito o pedido! Mas não, esse post era o que eu precisava! Muito obrigada! Se não for pedir muito, pode me passar uns concelhos básicos de como agir no início do namoro? o que eu devo ou não fazer? quero que esse relacionamento seja o mais saudável possível! Obrigada, obrigada, obrigada Sara <3 beijo!

    Sara Oliver · 12 de março de 2017 at 12:15

    Hellen
    Esses três pontos que citei no texto, são os que mais acontecem nos relacionamentos. Se você conseguir se antenar nesses quesitos vai melhorar em suma sua relação.
    Uma coisa é você ter coisas para você, ocupar sua mente, e priorizar você sempre. Se você só fica esperando o cara te falar um oi, passa o dia todo vigiando o cara, qual a chance de você ser a chata e reclamona e que quer controlar tudo? 200% de garantia.
    Não fique ociosa. Trabalhe, estude, tenha vida social, tire um tempo para você, sem precisar que o cara te acompanhe. Eu falo isso porque ajo assim, sempre me ocupo, seja lendo um livro, assistindo um filme. Quando você não vive em função do cara, desperta nele interesse e desejo. Porque ele sabe que você tem outras coisas para fazer e que ele não é o centro do seu mundo. Mas olha vou te dar uma dica: tem vezes o cara começa a te ver assim fazendo suas coisas, começa a dizer que você não gosta dele, que não se importa viu? Não caia nisso, seja uma namorada atenciosa nos momentos que estiverem juntos, faça a sua parte e seu papel. Se ele vier com esse papinho morno não mude, continue igual. E só denguinho para você dar atenção para ele e acabar se anulando.
    Sara Oliver

Majuh · 11 de março de 2017 at 14:04

Texto simplesmente perfeito!!! Parabéns! A cada dia q passa aprendo mais e mais

nand9105 · 12 de março de 2017 at 09:30

Texto perfeito!
Sara….Depois que tive bebê meu marido nao me procura mais, ele disse que ao está dando um tempo praphael cabeça pq é tudo mt recente, eu já voltei com meu corpo….Faço academia….Me cuido….E ele nada, nem nos beijamos mais….O que fazer nesse caso? Nossa filha vai fazer 2 meses…Nesse tempo só rolou sexo 1 vez pq numa outra que tentei ele parecia um boneco! Não quero nada por obrigação, mas tudo tem que partir de mim e estou cansada….dou idéias pra sair, cobro sexo, Beijo…..Ele só fica no maldito celular e as vezes se esquece da vida!! Se acomodou geral…….Como inverter a situação é fazer ele se apaixonar novamente…..ter desejo etc?

    Sara Oliver · 12 de março de 2017 at 12:04

    Então, você está fazendo um dos pontos que falo no texto: cobrando e controlando. Você está muito tentando chamar ele para você, insistindo demais. Está na hora de fazer por você, não por ele. :Invista em você e na sua filha. Te garanto quando você parar de cobrar ele vai cair em si. Tudo você toma a frente. Ou seja ele não vê atrativos na sua pessoa, porque está disponível demais. Ainda mais no casamento e com filha pequena.
    Que tal agora você inverter a situação? Sem cobranças, sem controle e veremos como muda a coisa toda.
    Sara Oliver

Lana Vastos · 12 de março de 2017 at 11:08

Oi Sara… Conheci um rapaz e estávamos saindo, ficando somente. Conversando ele me disse que não pensava em assumir um relacionamento comigo, então disse que não era isso que eu queria e que não iria continuar ficando com ele pq estaria fazendo a vontade do outro e deixando de lado a minha e com isso ficaria infeliz. Não dava pra mim. Agi certo? O que devo fazer?

    Sara Oliver · 12 de março de 2017 at 12:00

    Lana
    Fez certo. Muitas mulheres mesmo depois de ouvir do cara essa afirmação, entram na relação achando que irão conseguir dobrar o cara depois. Que com a convivência ele vai mudar. Ele pode sim mudar, mas de primeira ele já disse que não quer se envolver. Ou seja, já bateu a real justamente para você não ficar sonhando com algo que não vai acontecer. Você tinha duas opções: ficar e tentar convencê-lo sem a certeza de conseguir, ou pular fora porque não era o que quer para você. Ser consciente, te faz agir na sensatez e só priorizar o que vale a pena para você não para o outro.
    Se você disse não, mantenha sua palavra. E não aceite menos do que já decidiu e firmou contigo. Ele pode muito bem tentar te dobrar e toda vez você vai se perguntar: E o que quero? Isso é o suficiente?Estou feliz com essa situação?
    Sara Oliver

      Lana Vastos · 12 de março de 2017 at 13:16

      Obrigada!

Cintia Ocon · 12 de março de 2017 at 16:01

Tenho todos esses defeitos… Controladora, carência nível hard. Eu tento fazer diferente mas, quando vejo já fiz a cagada. Tenho optado por ficar só pq a minha tolerância é zero. Será que preciso de ajuda profissional? Desde que me separei do pai do meu filho há quase 9 anos, meus relacionamentos não chegam a 4 meses.

    Sara Oliver · 13 de março de 2017 at 09:29

    Cintia
    Ótimo que compreende, e mais importante ainda: prefere não se envolver. Essa consciência muitas não tem, acham que o cara tem que aceitar e conviver com esse tipo de pessoa. Mas na verdade ele não é obrigado, aliás ninguém é obrigado a se sujeitar aos nossos descontroles, falta de respeito, carência, ciúme demasiado tanto do homem quanto da mulher. Seria bom você procurar ajuda sim, para conseguir desvendar o que está por trás desse seu controle, carência etc.
    Pense Cintia que a resposta sempre vai estar em você, não no outro. Comece a buscar isso. A maioria dos nossos sentimentos de perda, carência, tem causas que estão ocultas dentro de nós, e nesse ponto que a ajuda profissional é importante.
    Sara Oliver

Carol · 12 de março de 2017 at 17:02

Sara meu namorado me disse hj que eu não tenho atitude de mulher, q eu n mostrei a ele pra q vim. Eu não entendi e não sei oq fazer agora.

    Sara Oliver · 13 de março de 2017 at 09:47

    Carol
    Quando o cara fala assim, peça a ele para ser mais específico ok?
    O cara chega é reclama que você não tem atitude de mulher, e muitas vezes tem, o que ele está dizendo engloba vários fatores tipo: você ter prometido algo e não cumpriu, ele achou que você era uma coisa e se mostrou outra, ele criou expectativas em cima de ti e se frustrou depois e tem vezes você não fez nada mas o cara fala isso para você ficar dando provas para ele o tempo todo. E isso sabemos que não é legal.
    Investigue, procure saber direitinho.
    Sara Oliver

    Pergunte a ele em que voc

Mônica Macedo · 12 de março de 2017 at 19:52

ótimo texto…. mas é triste quando a mulher é tão controladora q poem tudo a preder no Relacionamento….agora falta um sobre ciúmes… bjos

    Sara Oliver · 13 de março de 2017 at 09:24

    Mônica
    Já te disse, pare de se culpar, essa frase aí não resolve nada. Para de ficar se batendo o tempo todo. Já conversamos sobre isso, você esqueceu?
    Sara Oliver

Ana · 14 de março de 2017 at 13:47

Oi Sara e Linda…me tirem uma dúvida eu bloqueei meu ex no zap já tem 2 meses não desbloqueei mais e não tenho a intenção de fazer isso, ele vacilou muito comigo e cansei de fazer papel de otária, depois disso nunca mais nos falamos. Sei que não deveria está me importando mais de repente me veio isso a cabeça, será que me mostrei desesperada e louca fazendo isso? Pq realmente eu agi na maior calma e serenidade do mundo, só tirei sem aviso prévio quem só estava me fazendo mal em banho maria ainda.

    Linda Cristina · 15 de março de 2017 at 15:47

    Ana,

    Mas você? Está se sentindo bem, pois é a única coisa que realmente importa!

    Bjs

E aí, o que acha? Comente!