Sim, algo em torno de 97% dos homens, apreciam pornografia de várias formas.

Curiosamente porém, as mulheres aumentaram sua margem de interesse de uns 20 anos para cá, e hoje, vejo que algo em torno de 30 % delas gostam e até comentam. Discretas ao máximo, é isso.
Ao menos, é esse o índice de mulheres de grupo fechado de emails que ocasionalmente mando coisa escolhida a dedo para o deleite de todos.

Índices apresentados, quero discutir o quanto que esse hábito predominantemente masculino é amaldiçoado pelas mulheres, quando na verdade, deveria ser melhor analisado para melhorar seu relacionamento e enxergar oportunidades de melhoria. É isso que a pornografia (também) oferece além de  alavancar uma indústria bilionária que fatura alto ano-a-ano.  Não se esqueça que pornografia existe desde a mais remota antiguidade. Inevitável, portanto.

– Oh!  Eu vi meu homem me traindo, se masturbando e vendo pornografia.
– Ver pornô e trair é a mesma coisa!

Mulheres, vamos parar com isso, por favor!

Caso você descubra que seu homem vê pornografia e isso lhe incomode, diga que você descobriu e peça para que ele seja mais discreto em seus atos pelo tanto que lhe incomoda e aja com inteligência.

Basicamente, o homem “usa”  pornografia por dois motivos básicos. O mais saudável, é que ele tonifica sua mente, estimula sua libido com a temática sexo, tornando-o melhor para VOCÊ!  Ou acha que ele vai ver aquela melação canadense e imediatamente ele pegará um avião para Toronto para transar com aquela atriz? Tenha dó, não é!?!?!? Entenda: A pornografia deixa o homem “ouriçado” por sexo. Com quem que ele se deitará à noite? Com você, não é? Então, não seja boba e aproveite!!!

Mas…… Perigo! Perigo!  Pode haver outro motivo e se você for inteligente, evitará frustrações futuras. Pode ser que além dele se excitar, que ele esteja usando pornografia para se saciar virtualmente de alguma variedade sexual que ele é obcecado, mas sua parceira não concede. Por exemplo, isso ocorre muito com casais em que ele deseja anal enquanto ela abomina. Essa situação indica um alto risco de traição, pois hoje, ele se sacia virtualmente, mas uma hora, ele se saciará com outra.   Logo, saber o que ele vê no mundo da pornografia pode ser imprescindível.

Muito bem, carência detectada. (Usando o exemplo anterior: Sexo anal) O que fazer? Abrir mão e dar para ele? Isso é com você. Qualquer coisa que não está em você fazer na vida;  é algo adquirido, cultura de vida, educação, etc. É algo arraigado e difícil de ser mudado. Querendo tentar, leia muito, estude, ouça “amigas”  sem expor sua intimidade e vá atrás. Sendo impossível que você ceda ao desejo dele, recomendo expor a situação e conversarem. Se ainda assim, for muito importante para ele fazer anal com você, peço por amor à você e seu homem: Considerem romper esse relacionamento, pois jamais serão sexualmente felizes e por maior que seja o caráter do casal, uma hora a casa poderá cair. Estamos aqui para ser felizes. Dá trabalho ser feliz, mas vale a pena, ok?

Siga-me nas redes sociais
 
Categories: Sexualidade

Tony

Depois de décadas numa multinacional, lancei um livro sobre relacionamentos humanos e outro sobre a relação do profissional iniciante com as grandes corporações. O primeiro, em papel. O segundo no iBooks da Apple. Minha proposta é partilhar conhecimentos que ajudem as pessoas a se encontrarem como seres humanos e profissionais para que a vida seja como merecemos.

E aí, o que acha? Comente!