Como terminar namoro e se livrar do vício em sofrer?

terminar namoro

Como terminar namoro que só traz sofrimento?

É fácil perder controle dos seus interesses reais quando se está em um relacionamento ruim, muitas vezes inseguro, paralisado, deprimido e sem muitas perspectivas.

Talvez você se pergunte onde foi parar aquela pessoa feliz que eu era antes desse relacionamento.

Ela continua aí dentro, porém hoje sem muitos estímulos.

Por que se acostumar com isso?

Terminar namoro ou qualquer relacionamento nunca é fácil,

por pior que o relacionamento esteja sempre será uma processo delicado e doloroso.

Porém, é preciso saber distinguir se o momento pede atenção para driblar um obstáculo e se é a hora de colocar um ponto final nessa história e tocar a sua vida.

Se você deseja sair de um relacionamento ruim, o primeiro passo é reconhecer que você está em um.

Deixar alguém sair da sua vida, quando ainda se ama, dói muito.

Acostumar-se com a ausência, assumir o fim definitivo e a obrigação de reconstruir a vida sem essa pessoa é algo para o qual nós não estamos preparados.

No entanto, fazemos isso, e essa conquista nos dá força interior e sensatos recursos psicológicos.

Para ser bem-sucedido ao terminar seu namoro, você vai precisar de um plano. Criar um plano de ação vai ajudá-lo a se sentir responsável para seguir em frente.

O plano mais bem-sucedido é aquele que possui intenções de ações específicas ou frases com “se” e “então”.

Por exemplo:

▪️Se eu sentir saudade do meu ex-namorado, então eu vou chamar uma amiga para sair.”

▪️Se eu me arrepender da minha decisão, então eu vou fazer uma lista de motivos pelos quais eu terminei com meu namorado.”

▪️Se eu ficar depressivo com o término, então eu vou buscar ajuda.”

Uma síndrome de abstinência emocional faz parte do processo e aparece depois do término. 

Desprender-se desse vínculo afetivo não é uma tarefa fácil, mas ainda mais porque o sofrimento psicológico experimentado costuma parecer estranho. 

Este processo é bastante semelhante à abstinência sofrida pelos viciados em substâncias químicas. 

Porém, para obter sucesso na decisão, você precisa ficar longe de outra pessoa. 

Relacionamentos ruínas são, freqüentemente difíceis de abandonar, então se ajude, e cortar contato com seu (a) ex, para que você não caia nas tentativas de voltar com ele. 

Se você trata de um vicio, sim, você pode passar por uma abstinência. 

Exclua sua ex-namorada em todas as suas contas de redes sociais. 

Tire o número dele ou dela do seu telefone. 

Frequentemente lugares diferentes para se divertir onde não há riscos de você dois se encontrarem. 

Peça seus amigos que não falhem sobre o seu nome de usuário para ajudar a criar a distância necessária durante esse processo, valorize o que é importante e priorize sua autoestima, e sua dignidade, obtenha os valores e seus propósitos vitais.

Você não precisa voltar,  para o que vai ficar bom, até pq algo que não muda nunca Aceite isso. 

Uma ruptura afetiva nunca deve ser encarada como o fim do mundo, mas sim como o fim de uma etapa e o início obrigatório de outra, que com certeza trará coisas boas e uma versão dos mesmos que será mais forte e, até mesmo, mais  bonita!

Por isso existe hoje o Detox de Ex, caso tenha interesse! 🙂

Ou se quiser ver todos os produtos, clique aqui!

 

One comment

Leave a Reply

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Inscreva-se!

Receba novidades e conteúdos exclusivos diretamente no seu email!

Pssst: Nós também odiamos SPAM!

%d blogueiros gostam disto: