Siga nos no YouTube e veja nosso conteúdo! >>https://www.youtube.com/c/fazerhomemvalorizar

Acho que com tudo o que está acontecendo por aí, não tem como não falar sobre RELACIONAMENTO ABUSIVO!

Pessoas abusivas são frequentemente, elas mesmas, sobreviventes de abuso. O comportamento abusivo pode variar desde o abuso emocional, verbal, até o físico e sexual. Frequentemente uma pessoa abusiva emocionalmente é também abusiva verbalmente ou uma combinação de todos os tipos acima. Sinais de uma pessoa abusiva podem usualmente ser encontrados depois de alguns momentos no início da relação, se você prestar atenção. Faça muitas perguntas e alguma investigação a respeito do seu passado.

Relações abusivas são caracterizadas por jogos de controle, violência, ciúmes, abstinência sexual e frieza emocional. É difícil identificar uma pessoa abusiva. Costuma ser esperta e pode facilmente fazer com que você pense que não é boa o suficiente e que tudo é por sua culpa. É tão difícil recuperar-se de um abuso emocional como é de um abuso físico. O abuso emocional provoca baixa autoestima e depressão. Uma pessoa abusiva pode dizer que ama você e que irá mudar, portanto você não tem que deixá-la. No entanto, quanto mais vezes você cede, mais controle ela ganhará sobre você. Promessas vazias tornam-se a norma. Tenha certeza de prestar atenção em suas ações e não apenas em suas palavras. Relacionamentos abusivos nunca são abusivos no início.

Se você continua em um relacionamento abusivo porque pensa que ele mudará e que o agressor começará a te tratar bem, pense novamente. Um homem abusivo não muda sem uma terapia de longo prazo. Sessões de aconselhamento em grupo podem ser particularmente boas em ajudar um homem abusivo a reconhecer seu padrão abusivo. Drogas e álcool podem criar ou aumentar o abuso em um relacionamento.

Se o homem abusivo não estiver disposto a procurar ajuda, então você deve começar a agir para proteger a si mesma e os filhos saindo de casa. Se você estiver com medo de não ser capaz de sobreviver por conta das finanças, comece a procurar ajuda, buscando a família, amigos, e descubra como eles poderão ajudá-la. Uma vez que você tenha saído, o abusador pode chorar e pedir perdão, mas não volte atrás sem procurar ajuda e sem ele completar uma terapia de longo prazo bem-sucedida. Esteja preparada para o aumento da pressão pelo abusador, pois ele perdeu o controle. Se o seu parceiro não  procurar ajuda para seu comportamento abusivo, a sua única opção é sair fora.

O que você pensa a respeito disso? Será que a culpa é do homem ou da mulher? ou dos dois? será que existe vítima? Ou é tudo uma questão de se colocar?

Se estamos num relacionamento, algumas vezes teremos desentendimentos, e não dá pra querer que o paspalho chame de amorzinho durante uma briga certo? Então se ele for um pouco grosso e chamá-la de chata ou ridícula, então isso seria considerado um abuso? Quais seriam os limites?

Temos o que o Marcos fez com Emilly no BBB, o que pra mim é um exemplo perfeito do abuso mental e físico.

Enfim, são muitas perguntas, e por essa razão hoje eu estarei respondendo os comentários, e vamos conversar um pouco no CHAT ONLINE à partir das 16hs (horário de Brasília).


 

 


Linda Cristina

Coaching de Relacionamentos, Autoestima e Valorização Pessoal

8 Comments

Mere · 12 de abril de 2017 at 09:22

Olá Linda e Meninas!

Eu vivi esse tipo de relacionamento por quase um ano! Com todas as descrições que a Linda menciona física, moral, sexual, financeira e etc…
Eu sempre fui uma mulher muito alegre, de amigos, família, trabalho, estudo, festa, etc…
Ele parecia me admirar por tudo isso, mas com pouco tempo (uns três meses) ele começou a mostrar quem ele realmente era!
Tudo que fazia parte de mim começou a incomoda-lo…
Então fui me afastando da minha família, amigos, já não pudia comentar do meu trabalho ou de um curso que eu quisesse fazer…
E ai começaram as humilhações SEMPRE tinha algo de errado comigo. Ou era minha roupa, ou cabelo, ou eu estava abatida, ou era burra e por ai vai.
Mas o poder do ABUSADOR é grande ele te faz pensar que o problema é VOCÊ.
Então já fragilizada, sem auto estima, comecei a acreditar que TUDO o que ele me dizia era verdade… muitas vezes ele me tratava como se eu fosse LOUCA…e ele AHHHHHHH só queria o meu bem e me ajudar.
Eu já não AGUENTAVA MAIS era infernal, brigas atras de brigas, QUANDO eu falava que eu não queria mais era uma serie e amaças!
E por mais CLARO que seja a situação nós demoramos a enxergar, já ouvi alguns relatos de mulheres que vivem isso POR ANOS.
Eu realmente FUI ao FUNDO do POÇO. Eu já não sabia mais quem eu era… eu já não tinha mais ninguém! Mas as pessoas comentavam comigo que eu estava mudada… até que ainda procurando SALVAR esse “NAMORO” conheci o site da Linda! E comecei a perceber que NÃO era eu a culpada do relacionamento NÃO estar dando certo e que ELE não MUDARIA!
E teve um MOMENTO que eu JAMAIS VOU ESQUECER foi quando minha MÃE (aos prantos): CADÊ A ROSI? A MINHA FILHA????? VOCÊ NÃO É METADE DO QUE A MINHA ROSI É DE VERDADE.
Isso foi um choque pra mim… então resolvi buscar ajuda psicológica e continue visitando seu SITE todos os DIAS LINDA…
Ai fui voltando, fui entendo o que estava acontecendo… que só dependia de mim essa VIRADA de mesa… Ainda fazendo a terapia nós estávamos juntos.
Até que tínhamos uma festa do sobrinho dele, nesse dia eu tinha uma prova de um concurso que eu tinha prestado (ELE JÁ ESTAVA POSSESSO POR ISSO)… E combinamos de nos encontrar lá, da hora da prova até eu chegar na casa da irmã dele eu já tinha feito o meu dia um inferno, com ligações, ameças e cobranças…Chegando lá curtimos um pouco até que teve seus 5 minutos e resolveu me pegar pelo braço me arrastar para o fim do corredor da casa e começar uma série de humilhações e insultos e dedo da minha cara… Foram palavras muito forte… mas a cada lágrima minha que caia eu tinha a certeza de que EU NÃO ERA NADA DAQUILO que ele FALAVA… E QUE DAQUELE MOMENTO EM DIANTE ELE COMEÇARIA A ME BATER.. PELA SUA OUSADIA! Ali eu tive coragem e acabei com o relacionamento.
Ele ainda me procurou, com flores, chocolate e pelúcia (coisa que ele achava que eu não merecia, pelo simples fato de ser quem eu era) e a desculpa DE QUE NÃO SE LEMBRAVA DE NADA… (E UM CHORO INCONTIDO)…QUE O INIMIGO O USAVA…
E assim coloquei um fim nesse sofrimento. Fiz terapia durante um bom tempo, pois a recuperação de UM TIPO DE RELACIONAMENTO DESSES É TRABALHO DE FORMINHA!
Mas graças a DEUS dei a volta por cima, eu renasci… retomei minha vida! E de VERDADE HOJE SINTO QUE SOU UMA ROSI BEM MELHOR… RSRSRSRS!

Sei que o texto é longo, mas não poderia deixar de partilhar UM POUCO da minha história com vocês! Meninas por favor entendam que o MAIOR AMOR QUE PODE EXISTIR É O PRÓPRIO sem ele ficamos vulneráveis a muitos de situações inclusive essa!
Linda obrigada pelo seu trabalho, eu acredite VOCÊ muda vidas! Um grande beijo a todas!

X · 12 de abril de 2017 at 09:37

Eu acredito que fui abusada e estava em uma relacionamento assim.
Vou tentar descrever:
Eu fui completamente anulada da relação, eu não existia, era como se não estivesse ali. Me tornei uma válvula de escape para alguém desabafar sobre um antigo relacionamento, era somente este o meu papel, passivo, eu estava ali somente para ouvir, servir desta forma, e se me comportasse bem ainda ganhava de brinde recompensas. Quando acabava a sessão tortura de desabafos e reclamações da parte desta pessoa, eu me sentia muito pesada, eu mal conseguia falar depois.
Ameaças do tipo, você não vai conseguir me convencer a namorar, eu vou embora em um ano e não vou ficar também era angustiante.Fiz coisas que não queria durante o sexo, mas não tive coragem de dizer, me sentia um boneco, simplesmente um objeto que escuta calado e faz o que tem que fazer e vai embora, nenhum retorno de afeto.
Eu não tenho duvidas que foi abusivo, mas se eu for dizer isso para os outros vão me chamar de louca.
Por isso é importante sim conversar com outras pessoas, fui descobrir que estava em um relacionamento abusivo depois que eu consegui sair dele.
Este tipo deixam cicatrizes doloridas demais, ainda tem muitas coisas que eu escutei, comparações que me faziam sentir como um lixo.
Meninas prestem atenção, se não é algo que te faz sorrir é porque não é bom, se você fica todo tempo angustiada, se voê se anula, fica maior parte do tempo triste, com baixa autoestima, desconfiada, se sentindo culpada é sinal de que tem algo errado.
Não guardem em silencio!

dri · 12 de abril de 2017 at 15:12

Oi linda , ja fiz alguns comentarios a Sara sabe do meu caso , sobre o cara mal carater que não é pra dar nem um oi , que se chegar perto fale que vai chamar a policia . Enfim resumindo, nas nossas intimidades o cara nunca fazia um carinho , ja colocava o instrumento dele na marra pra eu fazer oral , eu dizia que não ate que não tinha jeito. Me lembro que no meu niver ele quis que fizesse nele quando coloquei a mao dele em mim, ele se esquivava , até que parei e disse não da mais pra continuar , vc so pensa em si mesmo , nao faz um carinho não me beija , o que eu peço sempre me nega, me trata como prostituta , ele disse é vc que está dizendo isso , eu não penso isso de vc . Eu disse vc faz sim, sem contar outros abusos , como tirar uma da minha cara na rua chamando de meia roda, ele sabendo que fiquei magoada com ele no dia meu niver , ele passa deixa eu tirar o meu carro que a barberinha vai sair , eu disse tira pq se tiver ai vou cacetar , ele nossa ! ah no dia meu niver qdo eu falei que ele so pensava nele, ele disse como vc é brava , extressada, não esqueco , eu brava eu ? ja está indo pra mais dois anos isso e permitindo ninguem aguenta isso . Antes um dia estava na loja conversando com a balconista ele disse pra ela nossa esta dando atenção pra qualquer uma . Linda, são coisas que não esqueço, me sinto violentava principalmente qdo ele forcava a fazer o que não queria.

    Linda Cristina · 12 de abril de 2017 at 16:12

    dri,

    Espero que você tenha se libertado disso!

    Bjs

      dri · 13 de abril de 2017 at 17:57

      Linda , comecei a pouco tempo o processo de libertação, não é facil ele trabalha perto de mim e está na mesma academia e faz as mesmas aulas . Estou trabalhando no meu consciente que ele é invisivel ou simplesmente um papel de parede. bjs

Camila · 26 de abril de 2017 at 18:14

Então esses 6 anos desse relacionamento também foi abusivo..

Eu também passei por isso
Vc se sente a pior das criaturas, uma pessoa feia, burra e ignorante
Não importa o quanto vc se arrumasse, vc sempre vai ser a arvore de natal ou se o circo chegou na cidade porque vc está usando algo acetinado.
Não importa o quanto vc estude, porque vc sempre não sabe das coisas, ou vc não estudou isso está inventando, a fulana tem 2 faculdades e tem um trabalho estável e vc? naõ tem nem onde cair morta, vc não tem estudo,não tem casa e nunca vai conseguir, vc não é capaz de nada, porque vc é BURRA.
Não importa vc querer respeito, porque a palhaça,o papagaio é vc e ele sempre vai sair por cima, e ainda rindo de vc,por ser uma pessoa tão idiota e fraca.
Não importe o quão vc parecer agradável, vc não tem nada para fazer na sua casa?ou cadê suas amigas? ( eu tinha me afastado de todas), sua família não gosta de vc, não te suporta porque vc é chata, insuportável, carente demais, nem meus amigos gostam (ele só tinha esse casal de amigos), MINHA FAMÍLIA NÃO TE SUPORTA MAIS.
Não importa vc ser companheira a individualidade dele preza a todo o momento.
Não importa quantos empregos vc ficasse, se tivesse atrapalhando os estudos ou ficar com ele, vc é OBRIGADA à sair senão ele ia embora.
Não importa o que vc faz com a sua vida, ele sabe o melhor para vc e se vc não aceitar ele vai embora achar uma bem melhor que em tudo.
Na intimidade, o prazer dele prevalece, e todos as vezes que a gente tinha eu me sentia estuprada, porque por mais que fosse consensual,não tinha uma preparação antes e deveras vezes eu saia machucada, e ele não se importava.
Teve atos de racismo durante o aniversário de uma tia minha (todos os presentes são negros).
Então meninas, fiquem atentas com qualquer sinais como esse ou piores que esses saiam imediatamente.
Foram 6 anos me sentindo a pior das criaturas
Graças à Deus no dia de hoje não precisei de terapia,e achei um rapaz muito bom para mim.
Obrigada Linda por tudo, e até hoje vc ainda me ajuda com algumas coisas!!

Vivi · 7 de maio de 2017 at 00:46

Eu preciso muito de ajuda! Meu marido me transformou numa pessoa triste e sem auto estima, não tenho ânimo pra mais nada, não saio e me afastei da minha família por causa dele, estou desempregada. Ele me humilha pra me da dinheiro e acabo não pedindo, tenho necessidades que não são cumpridas, nem me lembro a ultima vez que arrumei meu cabelo. Ele me xinga constatemente, burra, idiota, retardada, mongoloide ouço diariamente. Eu nunca tenho razão e sempre estou errada, nada do que eu faço agrada e se eu reclamo ele manda eu ir embora diz que ninguém vai me querer que ninguém aguentaria uma chata como eu. Estou engordando aos pulos, sofro de ansiedade e ja pensei várias vezes em desabafar com alguém mas ninguém acreditaria em mim, pra sociedade somos o casal perfeito, ele é uma pessoa amavel e gentil com todos menos comigo. Até comida eu dou na boca dele, sou escrava da casa e não tenho direito de reclamar. Por favor me ajude.

    Linda Cristina · 7 de maio de 2017 at 14:15

    Vivi,

    Por favor, se você tem um pingo de amor por si mesma saia desse ciclo vicioso e doentio.
    Tudo nessa vida tem um preço, e o preço de se depender de um homem é esse, eles acham que tem total controle sobre nós.
    Arrume um emprego, faça bolos, venda algo, mas tenha sua própria vida e seu próprio dinheiro.
    Preciso fazer um post sobre isso, pois são muitas mulheres que vejo na mesma situação.
    Leia-me, ele só faz isso, pois você deu o seu poder pra ele. Ele não manda em você, a responsável por sua vida ainda continua sendo você, portanto cuide-se!

    Bjs

E aí, o que acha? Comente!