Desabafo da sexta feira!

Agora deu para ter gente rasa nas nossas vidas. Escolheu ali, pegou aqui, e bora ver no que vai dar.

Não deu certo, não deu liga, bora dar jeito nisso. Tchau, tchau, good bye, hasta la vista baby.

Que merda é essa?

Hoje te quero! Amanhã está muito sem sal;

Hoje eu estou afim! Amanhã tanto faz;

Hoje eu vou fazer, amanhã estou cansado (a).

Amores líquidos, gente rasa demais, profunda de menos.

Falar é fácil fazer é o x da questão.

Cheio de dedos, de frescura, de disque me disque, promete mundo e fundos, e não cumpre nem com 1%.

Está com algum ser dessa espécie na sua vida? I’m sorry!

VOCÊ É ASSIM? TENHO DÓ DO SEU CORO DAQUI UNS ANOS.

Tem gente que vive trocando, descartando, vivendo como há 10 anos. Avaliam algo? Óbvio que não!

Colocam-se nos lugares de outras pessoas? Nem pensar.

Mas falou em sentimentalismo barato, vitimização? Quem aparece? Esses mesmos seres que pouco se importam com as dores e sofrimentos que causam nas outras pessoas.

Eu estou mal, você é terrível, você não me ama, você é dura, você me humilha, eu estou com problemas, não tenho cabeça para me envolver. Desatinos.

E mulher, são homens, está difícil se relacionar com seres que perderam a sensibilidade diante das dores desse mundo. Diante da velha frase que diz que somos responsáveis por quem cativamos.

Mas quem mais perde nisso são as mulheres. Porque já temos a porra da emoção ligada no nosso ser. Queremos o perto, o do lado, o presente. E o cara faz questão do contrário.

Hoje como nós dois não damos certo, talvez amanhã dê;

Hoje como eu não te amo mais, pode ser que amanhã volte a te amar;

Hoje eu não estou com cabeça para me envolver, pode ser que amanhã eu queira isso;

Eu falo de prioridades que a gente sempre tem que ter na vida, mas eu não falo para ser fdp com os sentimentos do nosso semelhante.

Tudo bem que você está com 10 listas de prioridades.  E quem você deixou a ver navios, não entra na sua merdinha de lista, até aí tudo bem! Então foque nas 10 seu palermo, não fique colocando a 11° na sua lista, só para tirar um lasquinha. Foco, foco entendeu?

Assimila tudo e firma nas prioridades que decidiu que eram melhores para você.. Agora ficar dando rebentos e indecisões mediante sua própria escolha fere o outro.

O cara não foi embora? Não te disse que não mais queria ter você? Que queria curtir a fase de solteiro (a)? Não disse que a outra era melhor que você. A porra do homem, da mulher não vociferou que agora tinha decidido? Eh fez escolhas.

Então arque com elas seu bosta e traste dos infernos.

Deixa o outro sofrer, chorar, e ficar chafurdando a cara na lama da desolação e da tristeza. Vai-te embora com as suas escolhas tão bem cuidadas e analisadas por você.

Suma sua peste! Arque com as escolhas que fez, não se arrependa, tu não disse que tinha certeza? Não olhou para a pessoa que estava a sua frente, e firmou que não tem volta, que não estou afim, que não te quero mais? 

Deixa de ser importante poxa, DESOCUPE ESPAÇO e vai viver sua vida, sem dar aqueles repentes de perguntar: Oi, como você está? Que está fazendo? Estou sentindo saudade, sinto sua falta. Tomar no C…

E cuide da sua vida, pouco se importe como estou ou estarei. Deixa eu quietinha no meu canto, tentando juntar os cacos que você deixou ao sair.

Se não vai arrumar nada, e muito menos deixar que as lágrimas cessem do meu rosto, vai-te embora com suas escolhas e só volte quando for capaz de me fazer sair do lastro de dor que causou.

Fiquem bem meninas! Se quiser eu deixo vocês desabafarem também! Tem horas precisamos exteriorizar tudo isso, escrevendo, falando, chorando, remoendo. Mas por pouco tempo.

Sara Oliver