O que você pensava ser rejeição, era sua proteção

A rejeição era sua proteção… O crescimento pessoal é uma jornada sem fim…

Pense em uma situação recente, ou tão antiga quanto você se lembra, em que experimentou a rejeição.

Tente ter uma noção das emoções que você sentiu naquela época.

Foi: medo, vergonha, constrangimento, tristeza ou raiva, etc?

Sei que pode ser difícil reviver essas emoções porque a rejeição pode atingir o âmago de nosso ser.

Mas gostaria que você usasse as emoções para fortalecê-lo deste ponto em diante.

E se a rejeição era sua proteção contra algo no futuro?

Quando sentimos rejeição, acreditamos que é nossa culpa e nossa auto-estima é afetada.

Compreensivelmente, nosso valor está em questão.

Mas estamos pensando nisso de forma incorreta porque pode haver algo acontecendo nos bastidores.

Tudo na vida tem um propósito.

Às vezes, os relacionamentos se dissolvem porque cada parte ganhou as lições de que precisava.

Sei que as feridas infligidas são dolorosas, especialmente se uma das partes foi enganosa.

No entanto, deixando de lado a causa da separação, devemos nos concentrar em reconstruir nossas vidas.

Por exemplo, como você superou a rejeição?

Se você pensar naquela época, você pode ver agora como as coisas tiveram que acontecer como aconteceram?

Não sei sua situação, mas acho que você estava sendo protegida de algo mais tarde.

Em meio à angústia e à dor, pode parecer que nosso sofrimento nunca terá fim.

Podemos chorar até dormir, tentando entender como poderíamos ter sido melhores no relacionamento.

Mas o problema é o seguinte: estávamos fazendo o melhor que podíamos, dado nosso nível de consciência.

Conforme você melhora, você atrai melhores condições e, portanto, por que o autoaperfeiçoamento é uma jornada sem fim.

As pessoas costumam me dizer; a vida parece uma provação após a outra e não há trégua.

Costumo responder dizendo: às vezes o nível de seu crescimento determina a intensidade de suas provações.

Repito esta mensagem em muitos dos meus artigos porque acredito que seja verdade em todos os níveis: a vida não é pessoal; está fazendo seu trabalho e respondendo ao nosso nível de consciência a qualquer momento. 

Por exemplo, a pessoa na sua adolescência não é a pessoa que você é quando adulto.

Assim, você experimentará vários graus de lições para ajudá-lo a evoluir.

A rejeição era sua proteção

Mas essas lições não chegarão como esperamos, caso contrário, as ignoraríamos.

Nossas lições geralmente são revestidas de dor, angústia e sofrimento, porque é assim que a vida atrai nossa atenção.

Crescemos através da dor e do sofrimento, não em nossa zona de conforto.

Pense nisso em sua própria vida.

Quando as coisas vão bem, com que frequência você provavelmente sairá de sua zona de conforto?

Para dar outro exemplo, as pessoas me procuram para obter orientação quando estão imersas em um problema que não podem resolver ou administrar sozinhas.

Ou seja, até que a dor se torne insuportável, navegamos até não aguentar mais.

A rejeição é a maneira que a vida tem de puxar o tapete debaixo de nós e nos proteger de algo prejudicial no futuro.

Da mesma forma, também pode representar o fim de uma lição de vida.

Você está se relacionando com isso?

Você está começando a ver que não há nada que pudesse ter feito para evitar ser rejeitado?

Não era sobre o que você fez ou deixou de fazer. Tratava-se de sua evolução pessoal seguindo seu curso. 

Não precisamos nos culpar por podermos ter feito mais para manter o relacionamento vivo.

As pessoas ficam Paradas (presas, estagnadas e não vão a lugar nenhum) em seus relacionamentos, enquanto elas são miseráveis ​​e infelizes.

Mas é mais fácil permanecer no relacionamento do que balançar o barco e seguir em frente com suas vidas.

É quando o universo dá um passo e diz: “Ei amigo, sei que você não fará nada a respeito, então estou intervindo para dissolver o relacionamento.”

A vida é como mamãe e papai mandando você para o seu quarto porque sabem que você não vai dormir se eles não intervirem.

Naturalmente, você cria uma confusão porque quer ficar acordado e assistir TV.

Mas, à medida que você amadurece, logo percebe que eles sabiam o que era melhor para você.

Às vezes é isso que experimentamos com a rejeição.

A vida intercede porque ela sabe o que é melhor para nós e o que está por vir.

Falei com muitas pessoas ao longo dos anos que veem sua rejeição como uma bênção disfarçada.

Alguns encontraram o amor de suas vidas não muito depois.

Outros conseguiram o emprego dos sonhos que sempre desejaram.

Precisamos confiar que a vida (também conhecida como nosso Eu Superior) sabe o que está fazendo, mas pode não parecer assim porque a rejeição não é agradável.

Não estou pedindo que você goste, mas aceite o que ele está tentando lhe ensinar.

Estou convidando você a aceitar que, possivelmente, a rejeição era sua proteção contra algo no futuro.

Sabendo disso, gostaria que você registrasse quais lições aprendeu com sua rejeição?

Por exemplo, você aprendeu a se respeitar e se valorizar mais?

Você aprendeu a criar limites sobre o que aceitará ou não?

Embora a rejeição possa ser um professor doloroso, é o Guardião mais sábio que sabe o que é melhor para nós, muito antes de acontecer.

Comente, que eu irei responder todas o mais rápido possível!

Escrito por

Linda Cristina

Coaching de Relacionamentos, Autoestima e Valorização Pessoal