Muitas mulheres buscam a todo custo terem um homem do lado, mas faz a seguinte pergunta para elas no quesito o que você tem para oferecer, ouve apenas o silêncio ou no mínimo aquela velha frase ah eu sou legal, trabalho, estudo e aquela coisinha simples.

Vamos mulheres o que você tem a oferecer de bom, que acrescente para esse homem que porventura aparecer ou está na sua vida?

Não me venha dizer, eu sou romântica, amiga, parceira, gosto de alguém perto, porque está apenas me enrolando. Fale de caráter, de personalidade.

Conte-me: eu sou uma mulher que gosto de música tal, eu sou organizada, tenho um defeito feio que é ser muito ciumenta, carente, sou mandona, autoritária, exigente, seletiva, traumatizada, desconfiada. Vai lembrando-se dos defeitinhos básicos que todo ser humano tem. Sou impulsiva, dramática, sensível, ogra, etc…

Agora vamos para o que tem aí dentro de ti que vale a pena você mostrar: eu sou batalhadora, adoro contemplar a natureza, gosto de esportes radicais, adoro ir para balada, ter amigos, gosto de gente companheira, sou uma filha que preza pela família, tenho princípios de família e prezo por ela.

Sou verdadeira, sincera, detesto barraco, respeito o meu semelhante, não sou preconceituosa.

Ah eu falei de não ser vazia, bem precisava colocar tudo isso antes para explicar porque o tema foi esse.

Eu vejo mulheres pedindo que o cara a respeite, ame-a, que seja fiel, que seja presente na sua vida, que esteja do seu lado, não é isso que vocês sempre pedem?

Mas cadê hein, o que vocês podem oferecer para esse cara tão bacana estar na sua vida, ou que ele esteja ao seu lado? Se você quer coisa boa, precisa também ter coisa boa para oferecer.

Qual é o diferencial de você para tantas outras que ele pode simplesmente decidir por você e não pelas outras?

Ao invés disso, as mulheres só sabem dizer: ah porque eu fiz tudo por esse cara, eu fui parceira, aceitei tantas coisas e agora ele me trata desta forma cruel e humilhante?

Lembrem moças, para você ter um cara bacana você tem que fazer por merecer, isso é para ambos os lados.

Tem homem reclamando que mulheres são todas iguais: você se permite ser um cara diferente para as mocinhas te olharem de outra forma?

Tem mulher dizendo que todos os homens não prestam: você faz por merecer ter um cara que preste ao seu lado?

 

Agora apontar dedo é a grande sacada. A briga é de quem ganha o duelo de quem é mais orgulhoso e egoísta e o certo da história. E o que temos: relação liquida, supérfluas, falsas, e com o intuito de provar que não estão sós.

Antes de querer dizer do que você precisa, diga o que tem a oferecer. Primeiro mostre o seu cardápio, o que você pode servir de menu principal, entrada e sobremesa.

Moça estou falando com você, vamos? Mostre-me o que tem de bom no seu cardápio.

Ah carente, dominadora, dona da verdade, não aceita ouvir a verdade, se doí por tudo? Vixe esse cardápio estou fora viu, não dá! Do outro lado o homem diz: essa mulher não tem nada de legal, vai fazer da minha vida um inferno.

Tem o lado masculino que eu penso: poxa esse cara é cheio dos traumas, só sabe falar de determinado assunto, não tem projetos de vida e muito menos responsabilidades. Para que  me envolver com esse moço? Toda hora vou ter que ficar mostrando a ele que a vida é bela, e me anular para provar que ele não pode ver a vida desse jeito. Estou fora!

Eu tenho minha vida própria, adoro estar na minha companhia, tenho amigos, adoro o meu jeito, o meu corpo, não dou importância para opinião dos outros quando elas são destrutivas, construtivas aceito de boa. Gosto de gente autentica, verdadeira, prefiro a verdade a mentira. Opa, esse cardápio é ótimo, tem sustância, tem nutrientes essenciais que são altamente favoráveis para qualquer relacionamento.

Eh encha sua vida de coisas boas, faça isso sozinha, ame a si, compartilhe coisas boas ao seu redor, não espere por ninguém, vá atrás dos seus sonhos, não procure a felicidades nas outras pessoas. Agora sim, você tem muita coisa para oferecer para um homem que quiser estar com você. E sei que não vai aceitar nada menos do que o melhor.

E assim que as coisas fluem minhas caras leitoras, tenha sempre coisas boas para oferecer, alguns irão dar valor ou não, mas pouco importa. Importa o que você tem dentro de você, do que acredita, e do que quer para a sua vida. O resto dane-se. Vai viver a sua vida conforme acha correto com o corpo transbordando de muita coisa de valor e latejante de alegrias e felicidades.

Tem algumas que vai achar isso balela, mas sinceramente, balela é a vida que tu leva, de copo vazio, sem nada para oferecer, depois vem aqui chorar as mágoas porque só arruma traste. Mas estou te dizendo, encha seu copo com valores, princípios, cultive isso e faça esse copo transbordar, te garanto terá somente pessoas que vão apenas te impulsionar, não te deixar pra baixo ou fazerem pouco de ti.

A verdade doí, mas alguém tem que a dizer. Que seja eu! Ou você prefere o mocinho, quando ele partir da sua vida e te dizer que você não tem nada de bom para oferecer?

Não confunda oferecer com correr atrás beleza? Só para constar!

Sara Oliver