Siga nos no YouTube e veja nosso conteúdo! >>https://www.youtube.com/c/fazerhomemvalorizar

Linda, primeiramente quero agradecer por esse blog e por todas as dicas que você nos passa..

Bom, meu nome é Aline, tenho 22 anos.. Quando eu tinha 19 comecei a ficar com um amigo meu que tinha namorada..ele me procurou e conversamos muito.. Ele disse que gostava de mim há muito tempo, que eu não iria me arrepender de dar uma chance a ele.. Eu acabei cedendo, fui muito burra de não ter esperado pra ter certeza do que ele estava falando.. A gente foi levando, depois de um tempo eu comecei a cobrar pra que ele terminasse o namoro dele pra ficar comigo de vez..todos sabiam que estávamos juntos, nossos amigos, minha família e etc, só que ele começou a mudar comigo, me tratando super mal mesmo..

Depois de mais de um ano juntos, quando voltamos de uma viagem (que inclusive ele me fez esconder de todos que eu tinha ido), ele passou na casa da namorada dele e deixou um cartão de memória com ela onde tinha fotos nossas, inclusive dessa viagem.. Ele me ligou super irritado, me culpando e falando p eu negar tudo.. Mas aí ele sumiu o fds todo.. Sofri muito, chorei p caramba.. Na segunda, quando ele já tinha voltado pra cidade onde ele trabalhava, ele me ligou me xingando de burra, idiota, me culpando pelo o que tinha acontecido, enfim, me humilhou mais do que podia.. Depois disso, eu continuei com ele e a namorada dele tbm.. Aconteceram muitas coisas, ela descobriu várias vezes e quanto mais o tempo passava mais eu me sentia mal..

Primeiro que nunca tive a intenção de fazer mal a alguém e depois porque eu estava obcecada por ele.. Ele me proibiu de sair, de receber amigas em minha casa, de trabalhar, de tudo mesmo..até de sair com a minha família.. Ele me prometia céus e terras e piorava a cada dia.. Coloquei ele contra a parede diversas vezes e era sempre a mesma desculpa.. Ele me humilhava, me desprezava (principalmente perto de outras pessoas), dizia que eu nunca ia encontrar alguém melhor do que ele, que eu nunca ia ter nada, que eu tinha que agradecer por ele estar comigo e muitas outras coisas.. Eu me entreguei totalmente, confiei nele, porque eu já o conhecia há alguns anos..estávamos sempre juntos, eu adorava ele como amigo.. Foi meu primeiro namorado, perdi a virgindade com ele, mas enfim…

Conheci seu blog (Graças a Deus) e comecei a acordar pra vida.. Fui me afastando, me desintoxicando dele, percebendo que merecia mais e que eu não precisava aceitar aquela situação.. Comecei a perceber que eu tbm tinha culpa por tudo o que estava acontecendo e culpa por estar passando por cima de outra pessoa p querer uma vida que não me pertencia..

Mudei da água pro vinho e tomei a coragem de terminar.. Ele ficou desesperado, chorou e tudo mais, mas eu estava certa do que eu queria.. E ele veio com um papinho pra que eu desse mais um tempo pra ele terminar com ela, porque me amava e blá blá blá.. Ele falou muita coisa e eu amoleci de novo, mas eu disse que não teria mais nada com ele..então ele sugeriu que que eu esperasse e que se eu não quisesse ter relações com ele e nem ficar com ele por esse tempo, ele respeitaria e tal.. Só que depois eu notei que ele só queria me manter presa a ele, pra que eu não pudesse seguir em frente e tal..

Uns dois meses depois disso, disseram a ele que tinha ficado com um cara numa festa numa época que tínhamos terminado, e era mentira, até porque ele tbm estava na festa..mas ele preferiu acreditar no cara lá e tal..e mais uma vez ele me humilhou, me mandou calar a boca e pedir desculpas, mas dessa vez eu não cedi, ele disse pra eu nunca mais ligar e esquecer ele, e foi o que fiz.. Eu procurei o cara que inventou a história toda, gravei a conversa e mandei pra ele desejando boa sorte..

Mudei de número e excluí ele da minha vida.. As vezes a gente se tromba, mas eu finjo que nem conheço..corto volta dele, não me interessa nada que esteja relacionado a ele.. Ele continua namorando e tentando me provocar de todas as formas possíveis, inclusive, mantém uma “amizade superficial” com a minha mãe.

Mas o importante, é que consegui sair do fundo poço..recuperei minha autoestima, meu amor próprio e estou mega feliz.. Foquei na minha vida e parei de viver em função dos outros.. Mudei o visual, estou malhando há um bom tempo e estou com um corpo legal, me inscrevi em um curso que tinha vontade de fazer e ele me impedia, conheci muitas pessoas e novos lugares, fiz novos amigos e me aproximei muito mais dos antigos.. Saio pra caramba pra me divertir, trabalho e tenho muuuuiiiiitoos gatinhos atrás de mim.. Mas eu estou conhecendo um carinha maravilhoso que faz de tudo por mim.. Aprendi que o homem é quem tem que fazer tudo, porque é da natureza deles, o papel da mulher é retribuir quando lhe convém e se não quiser, dá licença que a fila tá grande!!

Só o amor próprio pode te salvar de todos e de você mesma!!

Obrigada Linda, por tudo!!!!!!

 

Siga-me nas redes sociais
Categorias: Depoimentos

7 Comentários

Cris · 19 de Janeiro de 2016 às 11:38

Muito bom Aline! Vai me servir de exemplo,só que no meu caso é ele com a ex mulher.

v · 19 de Janeiro de 2016 às 15:14

Desculpa linda, o corretor errou o nome..
lindo o depoimento, as vezes a gente fica cega de amor e aceita muita coisa, eles nao dao valor e pisam mais. Precisamos acordar e nos amar.

thai · 19 de Janeiro de 2016 às 16:15

PARABENS, E BOLA PRA FRENTE

Ju · 20 de Janeiro de 2016 às 18:23

Menina, que armadilha de urso você foi pisar!
Você se livrou de um encosto!
Tô pasma… Pela historia da pra ver nitidamente que você estava morrendo aos poucos, deixando de existir…
Não volte para ele, chuta que é macumba.

Suziane Santana · 2 de Fevereiro de 2016 às 15:17

Belo exemplo.

Julia · 16 de Fevereiro de 2016 às 13:37

Engraçado ver a história por outro ângulo. No caso, vendo pelo lado da namorada dele, que não teve culpa do namorado ser um cafajeste e ter encontrado uma mulher que se submetesse a ser o estepe dele. Acho ridículo mulher que se submete a ser amantezinha. Pra mim não tem desculpa, não justifica a amizade antiga e nem as baboseiras que ele te falou. Isso é baixaria. E muito menos justifica a outra lá ter descoberto e continuado com um paspalho desse. Talvez ela não tenha amor próprio também. Pronto, falei.

    Aline · 29 de Fevereiro de 2016 às 17:42

    É complicado mesmo..e super respeito seu ponto de vista.. Mas da mesma forma que muitas se submetem a loucuras pra segurar o namorado (cafajeste) outras também se descabelam por eles, mesmo estando erradas!! Todo mundo erra. Algumas em se envolver com caras q já tinham compromissos, outras em perdoar uma traição, outras ainda por querer justificar o que o cara fez. O mais importante é enxergar o erro e se redimir, porque errar, todo mundo erra, o problema é permanecer no erro!!

E aí, o que acha? Comente!